6 thoughts on “A Ler

    1. Zé, neste momento, em muitas e muitas escolas, a inclusão traduz-se em papéis para fornecer “evidências” do que, por definição, é mais do que evidente.
      O que dá a sensação é a de existir uma imensa desconfiança em relação ao que é proposto pelos professores em contacto directo com os miúdos, acabando tudo entregue a um “comité” que fica assoberbado de trabalho para o qual precisam das tais “evidências” pois desconhecem os alunos.

      Gostar

      1. Ora nem mais. É um brincar ao faz de conta que nos afunda em papelada inútil e que, na realidade, ninguém põe em prática, pois é impossível conseguirmos dar resposta a tudo. Não sou uma «médica de clínica geral», não consigo dar resposta às propostas hilariantes para salvar tudo e todos. Até porque na maioria dos casos os alunos não quer e não tenta, porque já sabem que é tudo fácil. Pena tenho eu dos alunos que eram da Educação Especial e que agora, nem os colegas da Educação Especial fazem, nem nós conseguimos fazer o que eles necessitam e merecem. Porque agora é bonito incluirmos tudo no mesmo saco. Falta de respeito a todos os níveis.
        As mudanças são necessárias, mas por incrível que pareça têm sido sempre para pior. Dou comigo a pensar que o que estava antes é sempre melhor (e algumas coisas já eram más) do que o que inventaram a seguir. Mudanças retóricas que são sempre desculpabilizadas, quando se vê que não dão em nada, com uma vontade de querer mudar para melhor e sempre com a melhor das intenções! Estou farta desta hipocrisia. Aceitam os tachos, digo, cargos e depois produz-se qualquer coisa, desde que tenha muitos chavões líricos, já serve. Depois há sempre nas escolas quem alucine e a «coisa» pega, até que aqueles que pensam e questionam fazem barulho e a «coisa» vai ao charco. No final já todos se queixam e andam todos muito cansados, mas no início para ficarem bem na folha aceitam toda a porcaria.
        (Final) Início da história… vem um iluminado e pensa mais uma «coisa», pior do que a que já existia, e lá estamos nós no mesmo. Esta tem sido a nossa vida.

        Gostar

Deixe uma Resposta para Sofia Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.