Os Resultados Dão Para De Tudo Um Pouco

Curiosamente, parece que os resultados desceram em especial onde não havia provas…

PISA 2018: Desempenho dos alunos cai a ciências e mantém-se a matemática e leitura

Alunos portugueses pioram a leitura e a ciências, mas mantêm-se acima da média da OCDE

Alunos portugueses são os únicos da OCDE a melhorar o desempenho na última década

Apenas sete dos 79 sistemas educativos analisados no PISA tiveram melhorias significativas durante toda a sua participação no estudo internacional. Portugal é o único país da OCDE a registar uma trajetória de evolução positiva.

Confusos?
Não fiquem… todos vão reclamar o sucesso como seu e apontar os dedos aos outros por coisas como:

Avaliação da OCDE: estudantes pobres estão mais longe dos ricos

Mais de um quarto dos alunos portugueses falta à escola

Grafico

12 thoughts on “Os Resultados Dão Para De Tudo Um Pouco

  1. Gostava de ver os comentadores da flexibilidade comentarem o facto da tão adorada Finlândia ter vindo a cair continuamente nos resultados e ter dado , em 2018, um trambolhão a Matemática…. e ainda a procissão vai no adro… porque as reformas modernaças da educação finlandesa ainda não tiveram tempo de dar os seus mais saborosos frutos! Era bom que professora Ariana Cosme, senhor secretário de estado, e companhia comentassem estes resultados e tirassem algumas ilações sobre o que estão a fazer num pequeno país do sul da Europa Anos últimos quatro anos…

    Gostar

  2. no prognóstico de ontem eu apostava no 1X2…acertei!!!!…mas vai ser arma de arremesso! exemplo ” nós (leia-se socialistas do governo e da geringonça) fazemos melhor do que no tempo dos outros”!!!!!…a política é assim…mas na realidade isto está MAU! é um desgoverno do tiaguinho e do se costinha….

    Gostar

  3. Seria interessante saber se os modernaços flexíveis estão dispostos a implementar o modelo chinês nas escolas nacionais… Ou o de Singapura onde a bastonada ainda é um método de aprendizagem…

    Gostar

  4. A Suécia voltou a ter bons resultados no ranking PISA com a reversão de várias medidas. Nos últimos anos voltaram a ser dado mais tempo para áreas como a Matemática; apoios brutais nas áreas mais desfavorecidas e aos alunos com dificuldades de aprendizagem ; maior ênfase aos conhecimentos; melhor integração dos estrangeiros. Lembremo-nos da catastrófica reforma Sueca na educação que passou pela municipalização do ensino e pela livre escolha dos pais em relação à escola que queriam que os filhos frequentassem… Para lá caminharemos…

    Gostar

    1. A Suécia arrepiou caminho e fez muito bem. Já Portugal replica experiências falhadas e olha para os países nórdicos como burro para palácio…

      Gostar

  5. Exatamente António Alves! Nem se trata de mais desfavorecido ou menos, trata – se de exigência para todos e, por cá, poderíamos admitir que houvesse apoios extra para quem não consegue chegar onde, quem sabe, os quer fazer chegar. Isso é que é educação e não a bandalheira em que tudo anda!

    Gostar

  6. Sonhei ou há pouco tempo saiu uma notícia a dizer que as escolas que estavam a aplicar a flexibilidade e companhia a 100%, antes da sua generalização, não podiam participar no PISA dado não se encaixarem nos parâmetros?

    Gostar

  7. Sobre integração de alunos estrangeiros: que sentido faz colocar os alunos directamente no ano correspondente à idade, mesmo quando não têm qualquer domínio de Língua Portuguesa? Imaginam o que é (para todos: professores e alunos) ter, por exemplo, 3 ou 4 alunos do Nepal em História A de 11º ano, que nem os rudimentos da língua dominam? Não seria de organizar uma espécie de ano zero em que teriam formação intensiva em Língua Portuguesa? Será que quem manda no ME não percebe isto, de tão elementar que é?!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.