Mas Há Quem Insista No Contrário…

… e use mesmo isso para denegrir os professores, quando os alunos são os primeiros a reconhecer o contrário.

Do “Country Note” para Portugal do PISA 2018, só sendo pena que esteja em letras pequenas, pois merecia que fosse esfregado, com o devido respeito pela linguagem, nas ventas de uma série de gente que por anda aí a papaguear banalidades falsas, enquanto se dá ares de pavão (ou pavoa) do regime porque leu uns livros ali há 25 anos e nunca mais desencalhou.

Claro que poderia escreve os nomes, mas vocês, ao fim deste tempo, sabem bem de quem estou a falar até porque aparecem muito nas fotos do twitter e em eventos com muita cobertura. Ou que acham que precisamos de muita “formação” para o “século XXI”.

PISA2018AlunosProfes

3 thoughts on “Mas Há Quem Insista No Contrário…

  1. Mas é este tipo de argumento quer deve ser usado e divulgado quando os pseudoespecialistas e comentaristas se pavoneiam do cimo do seu poleiro de ignorância. Assim, as suas ventas ficarão, no mínimo, mais libertas dessas palavras cheias de maldizer mas com a intenção de malfazer…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.