5ª Feira

Enquanto país, estupidificámos mais um bocado e até acho que, se não fosse um Marcelo Suava e caminho do segundo mandato, o povo votaria em Cristina Ferreira para PR. Como dizia o outro italiano, se querem palhaços, ele ao menos era assumido. E o ucraniano até é um tipo engraçado. Em termos de governação, a República permite, com o seu sistema de rotatividade em circuto fechado, que políticos ocasionais de escasso valor possam, durante uns anos, cavalgar ondas – vamos fingir que se reverte a troika e aproveitar as receitas do turismo e a bolha imobiliária para parecer prosperidade – e parecer algo mais do que mera sorte circunstancial. Só falta mesmo um “grande projecto nacional”, tipo Expo ou Euro para se achar que estamos perante um novo dom manuel ou joão V.

Valha-nos o clima aquecido naturalmente, que ao fim de uns dias de frio já parece toda a gente que está no ártico de tanta queixa.

media

One thought on “5ª Feira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.