Sábado

Tenho a sorte de, por causa de uma qualquer regra transitório que – por uma vez – não me lixa a vida, não precisar de fazer obrigatoriamente formação este ano. Mas isso não significa que não goste de aprender coisas novas pelo que aproveitei estes meses para fazer algumas formações pelas quais sinto interesse e não necessidade administrativa. É realmente uma sorte porque se pode escolher aquilo de que se gosta. E, de caminho, aprender alguma coisa. No caso das formações presenciais, há sempre em mim uma componente de “observação antropológica” porque não há nada tão parecido a alunos quanto os professores em termos de atitude, quando sentados do lado de lá das carteiras. Há os que tudo apontam e estão ali de alma e coração, há os que nunca se lembram de desligar o telemóvel, há os que não perdem o vício de fazer observações sardónicas/pretensamente espirituosas (o meu caso, confesso, quando as oportunidades surgem ali a saltar mesmo em frente) e há os bons e velhos casos de “engraxanço” ao pingarelho, de quem está mais preocupado em ir dizer ao “shôtôr” o que os outros meninos fizeram (ou não) do que em aprender qualquer coisa de novo para, por exemplo, apurar as suas qualidades pessoais e profissionais.

Como escrevi, tenho a sorte de, por estes tempos, poder escolher aquilo a que assistir, mesmo que tenha de fazer dezenas de km pela manhã. Ou a não assistir se outras prioridades (como a família) se “alevantam”. Já fiz uma online sobre gestão de dados de investigação (que, claro, não tem certificação que conte para a progressão na carreira porque os professores básicos não investigam), estou a fazer outra sobre ciberbullying e mais esta em que aproveito para fazer oficiosamente observação participante, ao mesmo tempo que ouço, com regularidade, que me fazem revisitar coisas boas ou, pelo menos, interessantes. É aquela onde há graxistas que me fazem revisitar os bons velhos tempos de aluno.

E é por aqui que começa a tal “desunidade” em que há mais gente a preocupar-se com @ vizinh@ que a ninguém incomoda (ou ultrapassa ou tira o lugar no estacionamento) do que consigo.

HermanAttenb

One thought on “Sábado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.