2362 Casos, 14,7% De Crescimento

Se a tendência se mantiver, são notícias menos más. O fecho das escolas e do confinamento do início da semana passada nota-se, embora estejam por vir os efeitos da propagação pelos lares de idosos.

Adenda: entretanto foi feita a actualização para 33 óbitos.

COVID 24MAr20

10 thoughts on “2362 Casos, 14,7% De Crescimento

  1. Continuamos sem saber, e eu considero que essa informação é de grande relevância, qual a distribuição etária e por grupos de risco dos óbitos e dos internados em cuidados intensivos.

    Gostar

  2. Quando me lembro, e ocorre-me várias vezes, daquela reunião “Magna” da DGS onde iam decidir (ou não) o encerramento das escolas…
    E não é que eles defendiam a continuação das escolas abertas???
    Enfim… que dizer?!

    Gostar

    1. Pedro,
      Já não me lembrava bem…
      E o parecer da D.G.S. foi contrário ao encerramento.
      Nem dá para acreditar. E o Costa … só tomou posição no dia seguinte.
      Inacreditável todo este processo. E manter aulas até final da semana … escolas só irão fechar na 2a feira. ( 5a e 6a serve para infectar). Não entendo.

      Gostar

  3. Longe de mim querer criticar o nosso colega Paulo,por quem estimo, mas considero que dá muito relevo à variação percentual dos casos.
    Mal seria se ,à medida que o n° de casos fosse aumentando a % nao fosse diminuindo…
    Na minha modesta opinião, a relação n° de óbitos vs n° de curados parece-me bem mais revelador do problema.
    Outro problema é o reduzido n° de testes realizados.
    Finalmente que o n° de casos divulgados já não são um n° redondo. Se é que me faço entender… 😉

    Gostar

  4. O número insignificante de testes realizados parece-me ser a maior justificação de tão baixo número de casos apresentados. A este propósito, ainda hoje o Sec Est. da Saúde falou numa “racionalização” de testes quando confrontado com a afirmação dos jornalistas apontando para um “racionamento” dos mesmos. Isto é, escolhem quem testar, de acordo com a manifestação de um número definido de sintomas. Todos os assintomáticos ou que tenham um número de sintomas abaixo do pré-definido não são elegíveis para serem testados, mesmo sabendo nós que muitos destes têm a doença e são fonte de contágio de outros.
    É preciso lembrar que Governo e DGS estão apenas a apresentar casos confirmados (testados) e já várias vezes foi dito que 80% dos casos (suspeitos?, confirmados?) serão tratados no domicílio.
    O cálculo de J.Buescu apontava para um número entre 2606 e 4775 de casos confirmados para hoje, mas o número apresentado foi bastante inferior (2362).
    Sinceramente, tenho a certeza de que os números apresentados estão a ser “martelados”, como tantas vezes o têm sido noutras matérias (salários médios de professores, etc), com o propósito de afirmar que se está a fazer tudo pela saúde quando, no fundo, apenas se está a pensar na questão contabilística (sim, porque a economia não é apenas PIB, mas também IDH) – veja-se, a este propósito, como se ilumina o discurso do 1ºMinistro quando fala em preocupações de gastos e como navega o seu olhar quando fala de preocupações com a saúde; recorde-se ainda como Mário Centeno evita a palavra “retificativo” em relação ao orçamento e continua a insistir que o OE tem margem para acomodar esta crise de saúde com tostões quando outros países falam na necessidade de injetar (milhares de) milhões nas suas economias.

    Gostar

  5. “Enfermeira-chefe do IPO do Porto infetada. Trabalhou uma semana com sintomas.” (TSF)

    Então não há problema. Era perigoso era se tivesse trabalhado com pessoas. Os estudos mostram que este vírus não gosta de sintomas: é assintomático.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.