Dia 6 – E Do Lado Dos Alunos?

Qual é o problema que muita gente evita dizer em voz alta?

Não é do lado da “oferta”, que tem motivado queixas pelo excesso de tarefas enviadas pelos professores.

É mais do lado da “procura” e aqui vou escrever muito rapidamente acerca do que me é contado por colegas do Secundário acerca da evidente falta de competências digitais (ou de mera literacia analógica) de alunos que são génios nas apps, mas depois não conseguem compreender o que é um convite para acederem a uma turma do Classroom ou do Teams, como navegar em plataformas bastante simples ou como fazer um questionário do Quizzz numa sessão síncrona. A menos que sejam as tais fichas enviadas por mail, o resto deixa grande parte numa enorme confusão sobre o que é exactamente para fazer e como e metade do tempo é a explicar o funcionamento de tudo aquilo o que se costuma dizer que os alunos dominam com muito mais facilidade do que os envelhecidos docentes.

(continua…)

diario

9 thoughts on “Dia 6 – E Do Lado Dos Alunos?

  1. Já tinha dado por isso e, na altura, achei estranho. Tantas novas tecnologias e muitos alunos possuíam domínio elementar…
    Também usar a net para pesquisa e recolha da informação, bem como saber fazer o devido registo dos sites consultados chega a ser completamente novo para alunos de 12 ano. Neste plano nota-se muito a desigualdade entre eles. Ter telemóvel topo de gama nada significa quanto ao nível de competências digitais… A escola inclusiva tem muito a aprender com esta situação que, infelizmente, nos está a bater à porta.

    Gostar

  2. É de lamentar. Tanta ” conversa ” sobre novas tecnologias , informação digital e vai – se ver…os alunos não pescam nada .
    Não aprender a utilizar ,usufruir é muito triste.
    Qualquer ensinamento deve / tem de ter repercussão na vida futura / real . Assim …

    Gostar

  3. Os meus de 7.º ano nem sabem utilizar o mail… Tenho uns que, como não sabem enviar anexos (não saberão sequer o que isso é…), tiram fotografias ao ecrã…

    Gostar

  4. Lamento o desabafo: olha a surpresa!

    Há anos que isto se constata quando se trabalha com projetos europeus. Se não fosse a sala de informática requisitada para isso, uma vez por semana, muitos alun@s nunca poderiam participar: sem net em casa, sem computador (ou magalhães), sem qualquer noção de como criar um endereço eletrónico, como trabalhar numa plataforma, etc.

    De facto, dá que pensar: o que aprendem em TIC?

    E, sem querer armar-me ao pingarelho: que formação têm @s docentes feito sobre isto (cursos online gratuitos, MOOC gratuito)*, nos últimos anos, para que @s seus/suas alun@s possam adquirir competências neste âmbito e alargar os horizontes?

    * nos últimos 3 anos, salvo erro, já são a/creditados pelo regime de formação contínua.

    Gostar

  5. A parte boa das crises é a rapidez com que conseguem colocar em evidência verdades escondidas e por vezes anuciadas pela boca dos pessimistas de serviço.
    Afinal, há muitas crenças, consideradas verdadeiras, mas sem qualquer justificação! A crença relativa às competências dos millennials, evocada como causa do fracasso da “escola do século XIX”, está aí, em todo o seu esplendor, é uma delas!
    Parece que a geração criada pela escola do século XIX não se está a sair assim tão mal 😂…
    É mais uma evidência a favor da tese da inutilidade da flexibilidade. Este modelo teve o seu epicentro viral no sucesso da Finlândia, lembram-se! Afinal o sucesso finlandês parece ter outras causas, a avaliar pela curva descendente dos últimos anos, apontada por alguns, escutada por muito poucos. Custa, é certo, mas é tempo de reconhecer que a verdade não é propriedade de ninguém. Aceitar a sua dinâmica é uma atitude intelectual madura. Ninguém está imune ao erro. Saber reconhecer o erro é uma vitória e não uma humilhação.
    A democratização da atitude científica, de raíz popperiana, é absolutamente necessária.
    Este tempo, em que tanto nos enganamos, é propício à aprendizagem! Estarei a ser demasiado otimista?

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.