Dia 15 – Tempo Para Pensar (Com Tempo)

E prometo que agora vou ler em vez de escrever.

É o momento certo para todos respirarmos um pouco, de alunos aplicados a professores diligentes, não esquecendo encarregados de educação à beira de um ataque de nervos, e encararmos nem que seja uma semana de reflexão acerca do caminho a tomar, do rumo que é necessário ter coragem de assumir, sejam quais forem as opções, em vez de se andar numa espécie de chuveirinho de sugestões ou ideias mal trabalhadas, do plano central ao local.

diario

13 thoughts on “Dia 15 – Tempo Para Pensar (Com Tempo)

  1. Considerações sensatas, que deveriam ser evidentes. Mas… os ditadorzecos locais, os directores, já andam a mandar construir planos de trabalho para o terceiro período.

    Gostar

  2. Quis a sorte que a peste poupasse a planície naquele Ano da Graça de Dois Mil e Vinte. As desgraças, quando se destinam a educar as mutidões, arremetem contra os transeuntes da vida em datas fáceis de lembrar: um vírus tão inteligente que tirava vinte a tudo!
    Mas nem sempre foi assim. Quando o Homem se desarranja e se desordena, a praga ataca a seara. “Umas vezes a avareza dos senhores deixou a plebe sem meios de resistir à doença. Outras, foi a folia dos povos, que se despreveniram ao esbanjar as migas que atamancariam a fome em tempos mais desvalidos.”
    Assim ficou registado nas “Crónicas de um Fim do Mundo”, do Visconde Rodrigo Tenbergoña, sexto da sua linhagem e segundo desse nome, descendente de violadores, matadores e escamoteadores, a quem o meu antepassado — com a ajuda da amante despeitada do terratenente espanhol —, ganhou a herdade, numa noite de jogo de dados bem avinhada.
    O primeiro Morgado— assim era o apelido do meu ancestral —, acabaria por acasalar com a Concha, e assim se veio ao mundo o primeiro morgado substantivo.
    Ao longo de gerações foi-se cimentando a troika que regularia o convívio dos mortais em Traseiras de Judas, assente nos três pilares: Judeus, Párias e Austeridade. Ora, segundo directrizes emanadas pelos nossos representantes na capital, torna-se necessário elaborar um plano para a escolarização não presencial dos imberbes. Para isso se nomeou uma comissão albergando o único freguês que nunca deu um tostão a César, o único agricultor a quem a seca nunca faliu, e o comerciante que nunca gastou centavo para bem vestir mulher e filha.

    (Continua…)

    Liked by 1 person

  3. … continuação.

    A acta da primeira reunião foi enviada para parecer ao Palácio de Belém e dela consta:
    “Aos dois dias do mês de Abril do ano de dois mil e vinte, reuniu na venda do Coxa o autonomeado Núcleo Autárquico Para a Educação Digital e Autodidacta, com a seguinte ordem de trabalhos: Ponto único — Elaboração do plano de educação longínqua para Traseiras de Judas. Após acaloradas discussões, e não havendo aguardente que restasse, foi aprovado o seguinte:
    a) As atividades serão organizadas de modo a respeitar os ritmos de aprendizagem e as necessidades de cada aluno, nomeadamente procurando respeitar os afazeres que os filhos do morgado têm na herdade.
    b) Enquanto os catraios não descobrirem onde se ligam os tablet que o Coxa lhes deu, as aulas serão asseguradas pelos membros desta comissão de forma síncrona, utilizando o altifalante colocado na torre da Igreja.
    c) As matérias a leccionar serão, de acordo com as directivas para a flexibilização curricular escorridas da capital, as seguintes: Higiene do Corpo e da Alma, Aritmética Comercial, Pesos e Medidas, Cante, Movimentos Sincronizados na Eira.
    d) A avaliação dos alunos será realizada pelo cabo da Guarda, o qual se deslocará em veículo motorizado oficial que estacionará à porta da casa de cada aluno para a realização de uma prova oral.”

    Gostar

  4. (conclusão)

    A acta da primeira reunião foi enviada para parecer ao Palácio de Belém e dela consta:
    “Aos dois dias do mês de Abril do ano de dois mil e vinte, reuniu na venda do Coxa o auto-nomeado Núcleo Autárquico Para a Educação Digital e Autodidacta, com a seguinte ordem de trabalhos: Ponto único — Elaboração do plano de educação longínqua para Traseiras de Judas. Após acaloradas discussões, e não havendo aguardente que restasse, foi aprovado o seguinte:
    1 — As actividades serão organizadas de modo a respeitar os ritmos de aprendizagem e as necessidades de cada aluno, nomeadamente procurando respeitar os afazeres que os filhos do morgado têm na herdade.
    2 — Enquanto os catraios não descobrirem onde se ligam os tablet que o Coxa lhes deu, as aulas serão asseguradas pelos membros desta comissão de forma síncrona, utilizando o altifalante colocado na torre da Igreja, respeitando-se assim a necessidade de escrutínio por parte dos encarregados de educação.
    3 — As matérias a leccionar serão, de acordo com as directivas para a flexibilização curricular escorridas da capital, as seguintes: Higiene do Corpo e da Alma, Aritmética Comercial, Pesos e Medidas, Cante, Movimentos Sincronizados na Eira.
    4 — A avaliação dos alunos será realizada pelo cabo da Guarda, o qual se deslocará em veículo motorizado oficial que estacionará à porta da casa de cada aluno para a realização de uma prova oral.”

    Gostar

  5. A Acta

    A acta da primeira reunião foi enviada para parecer às entidades competentes (?) e dela consta:
    “Aos dois dias do mês de Abril do ano de dois mil e vinte, reuniu na venda do Coxa o autonomeado Núcleo Autárquico Para a Educação Digital e Autodidacta, com a seguinte ordem de trabalhos: Ponto único — Elaboração do plano de educação longínqua para Traseiras de Judas. Após acaloradas discussões, e não havendo aguardente que restasse, foi aprovado o seguinte:
    1 — As atividades serão organizadas de modo a respeitar os ritmos de aprendizagem e as necessidades de cada aluno, nomeadamente procurando respeitar os afazeres que os filhos do morgado têm na herdade.
    2 — Enquanto os catraios não descobrirem onde se ligam os tablet que o Coxa lhes deu, as aulas serão asseguradas pelos membros desta comissão de forma síncrona, utilizando o altifalante colocado na torre da Igreja, respeitando assim a necessidade de escrutínio por parte dos encarregados de educação dos menores.
    3 — As matérias a leccionar serão, de acordo com as directivas para a flexibilização curricular escorridas da capital, as seguintes: Higiene do Corpo e da Alma, Aritmética Comercial, Pesos e Medidas, Cante, Movimentos Sincronizados na Eira.
    4 — A avaliação dos alunos será realizada pelo cabo da Guarda, o qual se deslocará em veículo motorizado oficial que estacionará à porta da casa de cada aluno para a realização de uma prova oral.”

    Liked by 1 person

  6. Eh pá! a internet aqui em casa, na próxima semana, vai falhar, acho que nem os dados móveis vão funcionar…temos pena, não dá para sair de casa!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.