Luís Sepúlveda (1949-2020)

– O humano de Bubulina? Porquê ele? – quis saber Colonello.
– Não sei. Esse humano inspira-me confiança – reconheceu Zorbas. – Ouvi-o ler o que escreve. São palavras belas que alegram ou entristecem, mas que produzem sempre prazer e suscitam o desejo de continuar a ouvir.
– Um poeta? O que aquele humano faz chama-se poesia. Volume dezassete, letra «P», da enciclopédia – garantiu SAbetudo.
– E o que o te leva a pensar que esse humano sabe voar? – quis saber Secretário.
– Talvez não saiba voar com asas de pássaro, mas ao ouvi-lo sempre pensei que voa com as palavra – respondeu Zorbas.

IMG_2730

Uma opinião sobre “Luís Sepúlveda (1949-2020)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.