13 thoughts on “Porquê, Ricardo?

  1. Interessei-me pelo humor dele desde o tempo em que Gato Fedorento era “apenas” um blogue. Poucos meses após a chegada da Troica e do governo-para-além-da-troica, percebi a sua consistência política. No Governo Sombra dessa altura, nunca se exaltou, pois todo o mundo é um espectáculo, e o esquerdismo serve para o mesmo tipo de alegre e inerme cavaqueira que o benfiquismo. Ele foi o rosto da PT e do MEO, e continua a ser uma ponte sob a qual correm rios de dinheiro. É um gajo que sabe tratar da sua vidinha. Um acomodado. Comparemo-lo a um Lee Camp para se perceber o que é um humorista politicamente comprometido.

    Gostar

  2. Eu gosto do RAP.
    O problema é ele ter passado a querer que todos gostem dele, pelo menos os que importam. Daí os convites ao “sistema” a começar pelo PR no programa inaugural.
    Está naquela fase do Herman, só que sem o novo-riquismo exibicionista.

    É bem recordado os Gato Fedorento terem começado num blogue, mas agora amaldiçoarem-se as redes sociais.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.