2 opiniões sobre “Tal Como A Petizada, Gosto Dos Intervalos

  1. Teleologia da destilação

    Enquanto os imberbes se ilustravam na presença dos seus tutores electrónicos, rumei às traseiras da venda, que não quero as coscuvilheiras a remexer nos meus hábitos e a confessar o pecado alheio ao cura. Para a Tia Ermelinda e para a velha Maria da Lavadeira, cristão que acede às traseiras é honrado lavrador a facilitar cargas e descargas. Já freguês que entra pela porta da frente é vítima do tentador a afogar a má consciência no consolo do corpo, sendo que este raciocínio acaba por inverter a lei da Igreja e só não as condena ao fogo eterno porque o Curandeiro-Mor, lá no alto, percebe que nelas nunca se acendeu o fogo interno, movendo-as apenas a ingenuidade de quem desconhece o pecado.
    De qualquer forma, no cumprimento da directiva em manada não imunizada, na venda só se atende um freguês de cada vez e caso um segundo entre pela porta das traseiras a contabilidade é feita à parte. Por isso só estava um freguês na venda quando lá me encontrei, à hora da sesta, com o Coxa e o Chico Monas, a quem muitos consideram parente chegado do Rosmaninho, talvez por desconhecerem o pendor filosófico que emana das conversas que mantenho amiúde com o meu burrico.
    — Então Chico, não foste à escola? — provocou o Coxa.
    — Qual escola, tenho idade para ir à escola eu?!
    — Nesta escola nova cabem todos: novos, velhos, gente vivente e autómatos … até o Rosmaninho — continuou o Coxa implacável — tem aula marcada no horário.
    Lançado o isco, o comerciante encheu três copos de aguardente e ofereceu o tabaco de enrolar.
    — Com estas aulas da TV vais conseguir o diploma da quarta classe que a Dona Casimira te negou — acrescentei eu acolitando o Coxa.
    O Monas sorveu um golinho e afivelou no rosto a expressão que tinha ouvido dizer a outros “servir para pensar”. Por fim decidiu-se a morder o isco e bateu com o copo vazio no balcão:
    — E onde dizem vossemecês que a gente se inscreve?
    O Coxa, exultante, apresentou as tiras de papel que usa para a prova dos noves com que engana os fregueses e puxou o lápis da orelha.
    — É aqui mesmo, amigo Chico. Só tem de me dizer nome completo e data de nascimento e fica já registado. Depois vai para casa ver as aulas e no fim do ano eles mandam-lhe o diploma.
    Diziam os antigos que, nos tempos idos dos cravos de Abril, muitos se diplomaram nas mais variadas artes — do Direito à Medicina, da Economia à Arquitectura —, sem terem retirado grande proveito de aulas ou alfarrábios. É portanto justo que se reponha a moda e se atribuam agora títulos e graus académicos àqueles que nessa altura, por estarem desterrados na planície, ocupados na lavoura ou remetidos para a guerra, não gozaram de tais privilégios.
    Às sete da tarde, ao encerrar o estabelecimento, a pilha de “inscrições” tinha já a altura de uma medida de aguardente em copo estreito. Todos os clientes do Coxa reconhecem a vantagem de obter um título para chegar longe na política, para acrescentar brilho à prole, para negociar com o banco maneira de fugir à fome, para obter o respeito de quem nos governa ou simplesmente para amenizar um patronímico pouco caridoso: Doutora Caridade Sinal de Cortes esposa do Dotour José Gama Mil-Homens.
    O Coxa vai mandar fazer os diplomas a um primo que tem uma impressora para computador lá na cidade.
    No dia 27 de Junho haverá festa na freguesia e muitos traseirenses receberão, de uma maneira ou de outra, o primeiro diploma das suas já longas vidas. Estarei na praça, na última fila, quando o compadre chamar pelo nome que meti à socapa na pilha de papéis: Rosmaninho da Rola, nascido a 3 de Fevereiro de 1992.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.