Pensamentos Da Pandemia – 31

Definir regras de confinamento para 15 freguesias de Lisboa e sua envolvente norte parece-me uma medida assim a modos que quase. Nem sei bem se a maioria dos “fregueses” saberá sequer onde ficam os limites desta ou aquela freguesia. E depois parece que também poderão existir regras para concelhos como Amadora e Odivelas. Um cordão sanitário em torno de Lisboa era capaz de incomodar os senhores da UEFA. Entretanto, a Norte, as coisas voltam a aquecer. Nada de espectacular e até mesmo expectável. Afinal, o vírus gosta do tempo quente. E da estupidez humana. Não apenas dos órfãos dos festivais de Verão, mas de quem, não tarda nada, virá dizer que sempre disse que a retoma era uma prioridade até deixar de o ser. E é verdade.

Resta saber se com tudo isto ainda insistem em reuniões presenciais nas escolas dest@s freguesias/concelhos.

Coronaquadro

(desenho de Alissa Eckert)

 

5 opiniões sobre “Pensamentos Da Pandemia – 31

  1. Isto é um país de bananas, liderado por um palerma de um otimista e de um «selfie» inútil e perigoso. Acrescentando ao panorama um povo estúpido que só aceitou a quarentena como o fez na exptectativa de «salvar o verão», era mais do que provável que a coisa de viesse a (de)compor.

    Nas democracias ocidentais, tudo isto é muito complicado, até porque os criminosos parecem ter mais direitos do que as vítimas e, no balanço entre deveres e direitos, todos parecem considerar a existência prática apenas de direitos.

    Por exemplo, tenho uma ex-aluna a viver no Dubai. Lá, não há conversas: são 100 pessoas na praia Y e ponto final. Aqui, tudo é levado com muita leveza, na base da responsabilidade individual e patata-patati.

    Por outro lado, é óbvio que é muito mais de macho chegar a Ovar e cercar a malta do que em Lisboa. Ó se é!

    Liked by 1 person

  2. Se não for o pessoal da História a usar a designação “cordão sanitário”, em vez da ignara “cerca sanitária”, estaríamos completamente “cercados” pela estupidez…

    —————–

    GRANDE DICIONÁRIO DA LÍNGUA PORTUGUESA, de António de Morais Silva

    Cordão sanitário,
    Série de postos guarnecidos de tropas ou de guardas de polícia para impedirem a comunicação com as cercanias e evitarem assim a propagação de uma doença contagiosa.

    [Acepção militar do vocábulo CORDÃO]
    a) Sucessão de pequenos postos militares que envolvem uma posição. O mesmo que CORDÃO SANITÁRIO.
    b) Série de postos estabelecidos para cortar certas comunicações.

    DICTIONNAIRE LARROUSSE

    Cordon sanitaire,
    dispositif de surveillance isolant une région en proie à une épidémie et dont le franchissement est réglementé; tout système de protection visant à isoler un pays pour le défendre contre la pénétration de doctrines subversives

    DICCIONARIO DE LA LENGUA ESPAÑOLA (RAE)

    cordón sanitario
    Conjunto de elementos, medios, disposiciones, etc., que se organizan en algún lugar o país para detener la propagación de epidemias, plagas, etc.

    CAMBRIDGE DICTIONARY

    cordon sanitaire
    a guarded area around a place or country that prevents people from entering or leaving it

    DIZIONARIO DI ITALIANO

    cordone sanitario,
    complesso di provvedimenti atti a circoscrivere una malattia contagiosa e a impedirne la diffusione

    Gostar

    1. Bom, em rigor, hoje as expressões «cerca sanitária» e «cordão sanitário» são usadas como sinónimas e assim reconhecidas gramaticalmente.

      Há até quem preferira a «cerca» por causa do uso que foi feito de «cordão sanitário», associado a processos de guetização ao longo da História, em resultado do seu uso metafórico.

      Gostar

  3. Aqui na planície, cordão é para chegar fogo à pólvora na mina. Ficamos com a cerca para o resto dos usos. E já se pediu para a levantarem, que os turistas e os refugiados da cidade andam a trazer muito bicho. As únicas transumâncias a autorizar é da venda para qualquer outro lugar e só para os da região demarcada. Quanto a escolas tá-se bem: só tem esse problema terra onde nasce gente.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.