Coisas Que (Não) Batem Certo

Mais mortes, os casos de infecção a não descerem, o fim das reuniões de políticos com especialistas (depois da birra do PM na anterior), os principais “fornecedores” do nosso turismo a colocarem-nos na lista negra dos destinos, as demissões na área da estatística da DGS.

Tudo parece não bater certo com o discurso oficial da direcção política do governo e de algumas das âncora da actual estratégia na comunicação social. Mas bate certo com algumas previsões pessimistas e com alguma desconfiança acerca da transparência de tudo isto.

E é engraçado quando se diz que é tudo em Lisboa e se sabe que existem surtos por todo o país e só em Reguengos há 16 mortes.

keep-calm-and-spin-again-2

Era só para brincar ao cinema negro
Os corpos no lago eram de gente no desemprego

 

3 thoughts on “Coisas Que (Não) Batem Certo

  1. É por essas e por outras que quando ouço o primeiro ministro e o presidente da república ponho muitos, mas mesmo muitos, filtros… Não acredito em nada do que dizem, mas no que não dizem, ou melhor no que evitam dizer. Como dizia a outra, que já se foi, “Eu sei que vocês sabem que eu sei o que vocês sabem que eu sei…”

    Gostaria muito de ouvir aqueles peritos que analisam as expressões faciais para descobrir a mentira.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.