Dias De Maravilhas Sem Fim

Cento e quarenta dias depois, nenhum óbito atribuído à covid-19. Cinco anos após sair sem o último salário e com a acusação de ser ladrão e traidor, Jesus regressa para unir a nação benfiquista. Nos exames nacionais, houve cascatas de 20’s em algumas disciplinas. Não há pandemia que nos faça parar…

Majestic sunset in the mountains landscape. HDR image

(só se for uma maquineta no meio da linha… mas isso agora não interessa nada…)

Há Sempre Uma Primeira Vez

As minhas férias começam oficialmente, salvo erro, amanhã. Mas hoje já é dia de “férias”, até porque entreguei ontem o resultado de um compromisso contratual extra-escolar e sinto-me assim como que liberto de obrigações.

Em muitos anos, apesar das contrariedades e da falta de vontade nascida de tudo o que temos aguentado ao longo destes últimos 12-15 anos, sempre disse e escrevi que saberiam onde me encontrar a 1 de Setembro: na minha escola, a preparar o novo ano lectivo com as minhas turmas.

Pela primeira vez, assumo, sem hipocrisias ou discursos enjoativos de tão politicamente correctos, que não me apetece minimamente voltar a 1 de Setembro ou, na pior das hipóteses, arrancar com um novo ano ali a meio de Setembro, para fingirmos que está a tudo “normal”.

Pela primeira vez, a acumulação de sacanices a várias escalas é capaz de ter conseguido ultrapassar o que é aceitável em quem tenta levar isto a sério e que, por mais críticas que se façam, faz o melhor que sabe e lhe deixam no seu trabalho com os alunos.

E não não hesito na expressão “sacanice a várias escalas” nem não terei problemas nenhuns em justificar, demonstrando, o que afirmo nesta ou aquela instância, mais superior ou inferior.

Liberto da continuidade de trabalho com qualquer turma, não sinto nenhuma razão para fingir que tenho uma motivação especial para iniciar um ano que, por vários motivos e algumas indecências, se apresenta como o que deve cristalizar o poder de uma mediocridade mal envernizada e com as cabeças rapadas por dentro.

Só posso desejar que Agosto corra bem e que me atenue aquele ânimo que nunca perdi de confrontar, de modo explícito, a falta de dignidade e os abusos de poder disfarçados com a legitimidade mal amanhada de quem pensa ter atingido estatuto de inimputabilidade. E que se lixe quem enfiar o barrete porque, a bem dizer, se calhar serve-lhe mesmo à medida.

E eu nunca gostei de virar a cara a uma guerra que ache justa, tenha ou não grandes probabilidades de a ganhar.Alcatrao

(mas que fique bem claro que qualquer tentativa de “empurrão” acaba com a aplicação da 3ª lei de Newton…)

 

O Segredo Do Sucesso

Está em não contar com a maioria das respostas erradas. Eu sei que as circunstâncias justificam a metodologia… resta saber se veio para ficar.

Médias dos exames nacionais subiram até três valores

Só Português escapa a um aumento superior ao habitual das notas da 1.ª fase das provas nacionais. Regras especiais implementadas por causa da pandemia justificam os resultados.

As notas da 1.ª fase dos exames nacionais do ensino secundário melhoraram em praticamente todas as matérias. As médias sobem até 3,3 valores em disciplinas como Biologia e Geologia, a prova que teve mais inscritos neste ano, ou Geografia A. Também Física e Química (mais 2,2 valores na média) e Matemática A (mais 1,8) têm resultados bastante superiores ao habitual nos anos anteriores. Apenas a Português a média tem uma variação mais próximo do que é habitual, crescendo 0,2 valores.

Birds