O Argumento Típico De Qualquer Nacionalismo/Totalitarismo…

… é que o interesse da [Nação/Povo/etc] está acima dos egoísmos individuais. Tem uma aparência de senso comum, mas em muitos casos apenas encobre o abuso da Lei e o esmagamento das liberdades individuais ou de grupos aos interesses de uma curta clique dirigente.

JAManta

 

A Mim Levanta Imensas Dúvidas…

… esta segunda nota sobre o faseamento da recuperação das migalhas de tempo de serviço (2ªNotaInformativaSobre Recuperação 2_9_18) que encontrei no Arlindo, porque – para além de muito tardia – parece criar um anómalo regime de excepção, com o pretexto da pandemia, ao permitir recuperar classificação com mais de 10 anos, algo que foi explicitamente negado a outras pessoas, em circunstâncias similares, em situações anteriores.

Eu sei que há quem assim veja a vida facilitada, mas a verdade é que houve quem não tivesse este tipo de “compreensão” e não tenha podido “mobilizar” nada dos tempos da MLR e sucessores. Eu já percebi que a “lei” é algo abstracto que se retorce a gosto por despacho ou nota informativa, mas continuo a não entranhar.

thumb

 

A Ler

Porque é importante não ceder a leituras simplistas de tudo isto. O assunto é complicado e não se resolve com “opiniões”. E devemos ter a capacidade de admitir o que não sabemos, mas não para colocar questões muito básicas em questão, como se isso estivesse a coberto da “liberdade”. Ora… a tua “liberdade” termina no momento em que podes colocar em risco a minha saúde e dos meus.

Immunology Is Where Intuition Goes to Die

Which is too bad because we really need to understand how the immune system reacts to the coronavirus.

There’s a joke about immunology, which Jessica Metcalf of Princeton recently told me. An immunologist and a cardiologist are kidnapped. The kidnappers threaten to shoot one of them, but promise to spare whoever has made the greater contribution to humanity. The cardiologist says, “Well, I’ve identified drugs that have saved the lives of millions of people.” Impressed, the kidnappers turn to the immunologist. “What have you done?” they ask. The immunologist says, “The thing is, the immune system is very complicated …” And the cardiologist says, “Just shoot me now.”

The thing is, the immune system is very complicated. Arguably the most complex part of the human body outside the brain, it’s an absurdly intricate network of cells and molecules that protect us from dangerous viruses and other microbes. These components summon, amplify, rile, calm, and transform one another: Picture a thousand Rube Goldberg machines, some of which are aggressively smashing things to pieces. Now imagine that their components are labeled with what looks like a string of highly secure passwords: CD8+, IL-1β, IFN-γ. Immunology confuses even biology professors who aren’t immunologists—hence Metcalf’s joke.

(…)

Thumbs

Será Mesmo Verdade?

Que o César não foi sozinho para a DGAE, levando consigo mais alguém da sua “organização”? A ser verdade, uma excelente manobra de um lobby que tem ganho posições com uma estratégia de soft power que vai entalar muita boa gente em matéria de concursos, porque é realmente mais barato pagar a precários ou a “jovens” em início de carreira, enquanto se lixam os “velhos”, em especial os que ainda estão em qzp após anos e anos de “passeios” pelo país.

Malta… o que está a dar é mesmo ir às jantaradas lá do grupinho, fazer likes nas “redes sociais” ao secretário e ao velho pai albino ou mesmo à “reitora” e ter cartão com as quotas em dia. O resto… são amendoins demasiado torrados.

Animalfarm

O Ordenado Mínimo É Que Leva O País À Falência

Sim, eu sei que os problema são os privados que não podem pagar. Fossem todos espertos e fundassem bancos… que o Estado pagaria tudo.

Novo Banco vendeu GNB Vida com desconto de 70% “coberto” por ajuda do Estado

Seguradora foi vendida por 123 milhões a fundos geridos pela Apax. Operação gerou perda de 268,2 milhões, que foi compensada com nova chamada de capital do Fundo de Resolução. Negócio foi fechado com magnata condenado por corrupção nos EUA.

Reparem que na reacção, o Novo Banco parece mais preocupado em limpar a imagem do comprador, do que em justificar a forma como usa os dinheiros públicos para cobrir “descontos”.

E só esse “desconto” é o dobro do dinheiro com que o ministro Tiago enche a boca acerca do investimento em pessoal para as escolas (125 milhões).

buraco-dinheiro-2