A Colina Começa A Inclinar-se?

Surtos em 60 lares de idosos explicam alguma coisa mas não tudo. Dois dias em torno dos 400 contágios que já sei que haverá quem explique com a maior das facilidades e nenhum alarme (mesmo se a própria DGS começa a dar sinais de intranquilidade) . Mas basta ver como muita gente, em ambiente de fim/regresso de férias, se está a comportar em grandes (ou nem tanto) espaços comerciais para se perceber que as altas temperaturas torraram ainda mais alguns neurónios e deixaram certas pessoas convencidas de que, afinal, já tudo passou. Ou então acham que basta um daqueles tapetes do IKEA à porta para afugentar todo e qualquer mau-olhado viral.

(já imaginaram como vai ser o “regresso”, em especial nos casos da pré e 1º ciclo, com aqueles papás e vovós que ficam ali de volta dos portões e nas zonas de acesso em amena cavaqueira e muita falta de algo que fazer?)

6 opiniões sobre “A Colina Começa A Inclinar-se?

  1. Na publicidade televisiva relativa a bens directa ou indirectamente associados ao arranque DESTE ano lectivo, não se vêem crianças e jovens de máscara nem a praticarem o distanciamento social. É como se o Covid-19 já tivesse passado à história.

    Gostar

  2. O Dr. Costa queixava-se de que não lhe davam dados para fundamentar decisões. Agora que os dados já estão claros, como vai fazer? Como usualmente: reactiva o estaminé dos “cientistas” no Júlio de Matos para lhe justificarem as medidas pouco populares que se seguem. Se “desafinarem” ainda se lembra de chamar-lhes medricas em off enquanto alguém grava para o telejornal.
    E o Prof. Marcelo não teria uma feira para inaugurar? As pernas fraquejaram quando olhou para o cutifalo tão lá no alto do Parque e avisou que viria para semana buscar os livros? A que propósito veio falar de política? A quem se dirigia se não pretendeu ser apenas e mais uma vez figura de corpo de banhista presente?
    Veio antecipar o que já toda a esquerda sabia: não haverá croissants no orçamento. Se calhar, lá mais para a frente nem toucinho. E umas horas depois já estavam a diminuir o horário aos trabalhadores da TAP. É comer e calar.
    E o Dr. Rio, continua a tocar a sineta quando o padre consagra a hóstia ou apetece-lhe fazer o papel de oposição? Já sabemos que não quer que o primeiro ministro seja incomodado com debates. Mas, porque não apresenta antecipadamente e em público um caderno de encargos para viabilizar o orçamento? Seria útil para os portugueses perceberem se voto no PSD ainda é útil. Ou conta que o Aventuras não passe por cima da sua alegada liderança partidária e se proponha negociar directamente com algum challenger uma futura aliança?
    E o camarada metalúrgico, ocupa-se de quê quando a cabeça lhe obedece? Tem festa rija para organizar, que é como quem casa uma filha todos os verões.
    Não há sondagem que o esmoreça, mesmo que a extrema direita o ultrapasse pela esquerda. Negaram-se os toiros a mais sevícias em Barrancos? Arraial no Seixal!
    É fácil ficar em casa e escrever comentários? Não, porque a vontade é ir para a rua e esbracejar contra tanta asneirada junta.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.