24 thoughts on “E Os Professores?

    1. Se os lambe-botas dos diretores tivessem, mesmo que apenas, uma o filinto vinha logo, revoltado, para as TV.
      Nota: ninguém (igec…?) se dá ao trabalho de controlar o que os diretores recebem, além do ordenado e do suplemento, as surpresas seriam muitas…e perceber-se-iam muitos comportamentos…

      Gostar

    1. Já viu as novas comparticipações do atestado médico. Até 30 dias o docente recebe 55% do vencimento. de 30dias a (não sei quantos) 60% do vencimento e mais de um ano 70% do vencimento. Como diria o Passa: E esta Heim?

      Liked by 1 person

  1. Bom, aqui na Atalaia a coisa está fraquita. Os fascistas-sanitários assustaram os camaradas, ou então alguém lhes anda a pagar as quotas e eles já partiram para desfrutar na derradeira utopia. De facto, ninguém se atreve — nem mesmo o Pacheco Pereira —, a estudar a preferência política das vítimas da SARS, mas desconfia-se que o vírus seja tendencialmente reaccionário na escolha dos seus alvos.
    A organização bem tentou mostrar, na abertura da festa, como se pode organizar a nova normalidade nas escolas: o mestre no écran gigante e os aprendizes nas cadeiras espaçadas ao ar livre. Pudesse o Nogueira convencer o Brandão a disponibilizar uma quinta para cada escola e cumpriríamos o sonho de Lurdes Rodrigues de criar verdadeiros mega-agrupamentos para um internamento a tempo inteiro. Todos os professores seriam finalmente militantes sindicalizados e corajosos lutadores em regime de trabalho voluntário, mesmo no verão. Ou empreendedores sem temor, falidos no embate com as corporações, que nisto das ideologias o sacrifício das massas é sempre um requisito para o sucesso, sejam os ideários colectivistas ou liberais.
    Aproveitava-se para incluir na disciplina de Cidadania dessas quintas-escolas (verdadeiras quintas colunas) um capítulo dedicado ao dever cívico de voltar à terra, à floresta e ao mar. Que o mar serve para mais alguma coisa do que banhar as partes presidenciais e derramar lixo. Especialmente se for um mar de gente, como aquele da Cordoaria nestas cálidas noites de Setembro.
    Entretanto, garantida que está a segunda vaga, era tempo de nos preocuparmos com a
    terceira, a que foi tão publicitada nas obras de Toffler e de Case. Infelizmente, o cenário deste regresso à escola tem mais semelhanças com a vida numa fábrica chinesa do que com a nova era que esses utopistas descreveram.

    Gostar

  2. Verdadeiramente surrealista um email enviado a todos os professores pelo Director do Agrupamento João de Deus, Faro. Reenviou uma proposta de um agente de seguros para seguro de vida. É caso para dizer que, se quiser garantir a segurança financeira da sua família, é só fazer um seguro de vida e ir dar aulas…
    Aí vai o texto:

    Exmo (a) Senhor (a)

    Com a abertura do novo ano escolar e perante a pandemia do Covid 19, a profissão de professor começou a tornar-se de alto risco.

    Face à exposição diaria com centenas de alunos e em espaços fechados, a forte hipotese de contrairem o virus aumenta exponencialmente. Nesse sentido criamos uma campanha especial para os professores poderem usufruir de um seguro de vida, com cobertura para morte por doença e ou acidente, assim como invalidez para a profissão com custos reduzidos para em caso de infortunio poderem salvaguardar os descendentes diretos. De realçar que ficam cobertos quer no desempenho da profissão quer na vossa vida social.

    A titulo de exemplo, acrescento que para um capital de 100 000,00 euros, um professor com 35 anos de idade tem um pagamento de 7,14 euros mensais. Um professor com 48 anos de idade para um capital de 50 000,00 euros tem um pagamento de 12,82 euros mensais.

    Poderei fazer simulação caso a caso, e se o professor quiser, juntamente com a esposa (ou esposo).

    No sentido de poder ser util e cada um de vocês poder usufruir desta campanha, trato de todo o processo para poderem ficar seguros no desempenho da vossa profissão.

    Espero a divulgação da vossa parte junto dos professores da vossa escola, para o email de cada um ou mesmo em reunião que possam ter, e os interessados podem-me contatar por este email ou mesmo para o meu numero de telemovel em baixo.

    Obrigado

    Gostar

  3. Hmmm.esse deve ter uma comissão na seguradora… só pode…por outro lado toda a comitiva política desde a direita a esquerda incluindo sindicatos, estão a manrinbar para a classe docente… daí e com razão AC dizer que somos “…carne para canhão…”

    Gostar

  4. C’um caneco! No email institucional receber-se uma proposta de seguro de vida?! Quando um indivíduo pensa que já viu tudo, descobre que afinal, não!!!!!

    Gostar

  5. E eu pergunto, e os professores? Nas escolas poucos são os que se manifestam, pelo menos assumidamente. E os que o fazem são considerados “complicados” ou “problemáticos”. É sempre mais fácil calar e fazer de conta. Como diz o Carlão “Assobia para o lado”; parece que os profs são bons nisso. Os sindicatos existem porque há professores e devíamos pensar por nós e (re)agir de acordo, todos, com aquilo que pensamos, mas parece que ou há medo ou comodismo, nem sei bem… Os sindicatos têm agendas que cada vez mais não parecem ser a dos profs., pois tudo cristalizou e não correspondem ao que se espera ou se lhes pede… E eu até estou sindicalizada ( é uma relação esquizofrénica a dos sindicatos e dos profs.).

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.