29 opiniões sobre “O Elefante Na Sala

    1. A PACC não foi concebida para “expulsar os mais jovens da profissão” . A PACC foi pensada para “escolher” ou “acolher” os mais capazes. E , principalmente, para impedir que os incapazes tivessem acesso à profissão.

      Lembrem-se dos resultados miseráveis de muitas dessas provas que acabaram por se realizar ; tenha-se em conta a sofrível formação com que muitos candidatos sairam e saem de determinadas instituições de ensino dito superior ( com altas notas) . E olhem que não são oriundos, apenas, de algumas “privadas” …).

      Como diria aquele treinador da bola, “vocês sabem do que estou a falar”.

      Liked by 2 people

      1. Não, Maria: se tivesse como objetivo aquilo que diz, a PACC teria sido extendida a todos – inclusivamente aos do quadro, tendencialmente mais velhos – e não teria vindo acompanhada do convite à emigração dos professores contratados sem colocação proferido por PPC. E em relação aos resultados, acaso você sabe que muitos dos examinandos usaram os itens de resposta extensa como espaço de contestação e que, obviamente, isso teve implicações nos resultados? Pressuponho, portanto, que a “maria” tenha estado envolvida ou na classificação, ou na vigilância da PACC, para conhecer tão bem os “resultados miseráveis de muitas dessas provas que acabaram por se realizar”

        Gostar

    2. A coisa acabou por se tornar um ardil com contornos economicistas. Por outro lado, houve uma altura em que chegavam à profissão caramelos que não conseguiam produzir um texto escrito minimamente inteligível.
      Estranhamente, isto ocorria numa altura em que muito se dizia que o Português era uma disciplina transversal a todas as disciplinas. Nestes casos, o Português seria, quanto muito, ‘estransverçal a todas as desceplinas…’

      Liked by 1 person

  1. Claro que um exame de selecção não “resolve” tudo. Mas também a seriação ser feita – apenas – com base nas classificações dos cursos, ou dos “cursos ” … meu Deus,que falácia ,que injustiça!

    Um exemplo, entre muitos : na Educação Especial, as classificações nos chamados “cursos de especialização” que ultimamente algumas “instituições” vendem são elevadíssimas – abundam (sim, abundam) os 20 `s. Depois, quem se “lixa” é quem procura uma escola que prima por um mínimo de seriedade.

    Liked by 1 person

    1. Caro Magalhães

      Pergunta “por que serão ” tamanhas as diferenças nas notas. Nada que não saiba:

      a) A muitos alunos interessa u-ni-ca-men -te a nota para ficarem “à frente ” no concurso. Óbvio.

      b) Algumas “instituições” garantem altíssimas classificações – para atrair clientela. Também óbvio.

      Combinação perfeita, não ? Misturem-se as duas alineas, agite-se, tempere-se com a irresponsabilidade de quem assobia para o lado, e sirva-se.

      Liked by 2 people

      1. Em bom rigor, nenhuma das versões será correcta – teríamos que escrever por extenso.
        Esforce-se por compreender que foi “uma maneira de dizer”. “Informalidades” a que, conscientemente, muitas vezes se recorre nos blogues.

        Em todo o caso, agradeço o seu imenso cuidado e saber.

        Gostar

  2. Paulo, estiveste globalmente bem no debate.
    Por outro lado, ficou muito claro que tinhas umas ‘contitas’ a acertar com o homem. Partilho de alguns desses ‘acertos de contas’ a fazer.
    No entanto, também era bom que se analisasse com maior profundidade a situação deste início de ano escolar. Dever-se-ia discutir com mais cuidado o que fazer aos colegas ‘de risco’ que não seja empurrá-los para atestados, declarações e greves do ‘Stop’. O tempo revelou-se insuficiente para o que era necessário discutir.

    Gostar

    1. Tem toda a razão! Nem uma palavra sobre os docentes de risco. Sempre quero ver quem é o médico que me vai passar um atestado a dizer que estou doente de…..asma! Ninguém! Estou lixada!

      Liked by 1 person

      1. Maria, há uma colega que conheço que tem asma e conseguiu uma declaração médica a atestar a sua situação. Penso que a colega também conseguirá um ‘papelinho’ desses…
        O problema é que a curto prazo, uma coisa destas implica desvalorização salarial e uma junta médica…

        Gostar

    2. Não tive a oportunidade de desenvolver o tema do tele-trabalho, embora o tenha referido. Foi de passagem, mas achei que era mais importante retirar a “centralidade” do sucesso do regresso às aulas aos professores. Porque se algo correr mal não faltará quem diga logo que a culpa é nossa e em especial desses colegas.

      Gostar

      1. Raposo Tavares,

        Não tenho mesmo quaisquer “contas” a ajustar como o NC, excepto as que resultem da “desconformidade” entre o que ouvi dizer ou li e e muito do que depois fez.
        Só houve, nestes anos de “aparições” uma criatura que me despertou mesmo a vontade de lhe cortar as orelhas e o rabo e foi aquele vazio que dá pelo nome de Couto dos Santos.

        Liked by 1 person

      2. Sim, eu percebi isso.
        Quanto ao que dizes agora, penso que tens toda a razão.
        Não consigo perceber estas agendas jornalísticas em que se pode falar de um erro de arbitragem durante 10 dias e se guardam 10 minutos para falar de coisas importantes…

        Gostar

  3. O que disse no Expresso o meio irmão do primeiro ministro:

    “Há um outro fator determinante, os professores. O Governo devia ter promovido a reforma antecipada de quem integra grupos de risco e contratado mais docentes para assegurar redundâncias e desdobramentos. Não o fez. Os professores terão um papel que, no limite, se compara ao que tiveram os médicos e enfermeiros: manter um sistema universal a funcionar para não dar cabo de uma geração.”

    Expresso

    Gostar

  4. Tanto que ficou por dizer….Em vez de querer-se falar-se de tudo, mais vale “repisar” o que interessa que passe- turmas de 28 alunos, intervalos de 5 minutos, 7 tempos inenarráveis atribuídos a matemática ou português, que enchem os horários dos alunos e que vai dar a algo previsível – saturação.

    Gostar

  5. Não tive oportunidade de ver esta entrevista/debate na RTP3 e gostaria de ver.
    Já procurei na net e não descortinei maneira de aceder.
    Alguém me poderia indicar um link que me pudesse lá levar?

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.