De Corpo Inteiro (Fora Da Sala) E Um Ministro Sempre A Carregar Na Hipérbole

Para o ministro Tiago Brandão Rodrigues, “este novo “Estudo em Casa” tem agora um fôlego renovado, com uma equipa de professores inteiramente dedicada à produção daquele que é, provavelmente, o maior reportório de conteúdos escolares de origem portuguesa, em linguagem audiovisual e abertos a toda a comunidade”.

Além das novas disciplinas, destaque para os 40 professores – e quatro intérpretes de língua gestual -, que vão dar aulas em “full-time”. Na primeira temporada, devido à emergência de organizar rapidamente a antena, deram “uma perninha”. 

Muito haveria a dizer de um ministro da Educação que acha aparentemente extraordinário que o seu ministério (o da Educação, relembre-se) seja produtor de conteúdos escolas de origem portuguesa.

Quanto aos colegas que antes “deram uma perninha” e muito disseram acerca da dificuldade da experiência, só se poderá dizer que parecem ter gostado tanto que não hesitaram em abandonar as salas de aula e os alunos de que tanto afirmavam sentir falta. Não os critico… são daqueles que acham que mais vale (não) “arriscar”.

Ou então têm uma modalidade interessante do tal “sentido profundo do dever cívico” de que falava o cronista.

(e há sempre aquele bónus acrescido de mais uma ida à Cristina…)

5 thoughts on “De Corpo Inteiro (Fora Da Sala) E Um Ministro Sempre A Carregar Na Hipérbole

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.