4ª Feira

Há exactamente duas semanas, anunciava-se que os computadores negociados com a NOS, Altice e Vodafone “começam esta semana a chegar às escolas portuguesas”… aqueles que em Outubro o ministro Tiago anunciara para a primeira quinzena de Novembro.

E aqui estamos todos nós, duas semanas depois, com cada vez mais alunos (e professores) em casa, de novo, a acreditar em magia. Dizem que já chegaram cerca de 25.000 para o Secundário, mas gostava de saber do resto. Aviso desde já que este pobre coitado onde estou já está mais exausto e desmemoriado do que eu. Portantossss….

8 thoughts on “4ª Feira

  1. Isto só lá vai com protestos mais rijos. Esperemos que o prof Nogueira tenha a coragem de marcar uma greve às reuniões de avaliação dos conselhos de turma, nos dias 24 e 25 de Dezembro, bem como um boicote activo às pontes que aproximam perigosamente os núcleos familiares dos fins-de-semana aos parentes em segundo grau dos feriados.

    Gostar

  2. “Restaurantes já podem pedir apoios à receita perdida nos fins-de-semana”

    É mais do que justo. Porém, é imprescindível estendê-la a outros.
    Se a Deolinda, mercê dos seus 87 anos bem merecidos, não se lembra das quantidades de açúcar e banha para o seu proverbial Tecolameco e neste fim-de-semana — por não encontrar o pedaço de papel manteiga onde a mãe, a Gervásia da Quinta da Rosa, anotara em tempos a receita —, colocou na venda, à consignação, uma ignominiosa caricatura daquele doce, é mais do que justo, repito, que o governo lhe acuda.
    Este governo, que sempre esteve mais preocupado com o Turismo do que com tudo o resto, deve apoiar a anciã, isentando este verdadeiro património gastronómico mundial do IVA mas também concedendo à anciã, a fundo perdido, um apoio para a contratação de uma auxiliar de pasteleira com mais fresca memória.
    Este Tecolameco é uma insubstituível fonte de receita para Traseiras de Judas, um importante factor de dinamização para o comércio na venda do Coxa, atraindo não só clientes das paróquias vizinhas como também as autocaravanas de toda a Europa. O apreço dos proprietários destes veículos, que contribuem generosamente para o tráfico de estirpes virais, é unanimemente manifestado nas suas mensagens de congratulação e louvor à culinária da planície que ornamentam as falésias e os baldios com folhas de papel higiénico onde imprimem a marca de uma civilização norte-europeia adoçada pela influência dos climas temperados.

    Gostar

  3. Tenhamos calma. Podemos estar mal no plano sanitário mas, apesar de o SLB ter muitas baixas, Jesus providenciará. E de qualquer modo o adversário usa saias. Que diabo, não se pode querer tudo! Um país que tem Jesus e Cristiano devia estar agradecido. Mas não, passam o tempo a queixar-se.

    Gostar

  4. O Chega e o Livre não estão a cumprir bem a sua função. Em vez de pedirem contas ao governo sobre os custos das medidas que restringem o funcionamento das empresas, deviam questionar o número de vidas que vai custar o apoio dado no verão à hotelaria e turismo e os apoios que vão dar no natal ao comércio. Além disso têm manifestado profundo desprezo pelas seguradoras, as quais poderão estar a braços com o pagamento dos seguros de vida. A não ser que as letras pequeninas previnam que em caso de pandemia não vale!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.