Domingo

Estive, qual antropólogo amador, sentado uma meia hora, não mais, numa “esplanada interior” a observar a flutuação dos ajuntamentos diante das lojas, enquanto lia as primeiras páginas do The Lost Diaries of Adrian Mole (1999-2001). Aprende-se muito, em ambos os casos, sobre a comédia humana e a inépcia política.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.