5ª Feira

O estado de emergência pandémica não pode explicar tudo o que se anda a passar pelo país, mas em especial nas escolas. Desde a ordem para multiplicar a mensagem do “contágio zero” nas escolas (mentira pouco piedosa) a uma forma muito peculiar do exercício dos poderes locais e centrais que continua a revelar ou uma falta de senso notável ou apenas estupidez na gestão dos recursos humanos. É sabido que há escassez de professores e não é apenas em 2 ou 3 grupos de recrutamento e o número de professores que ficaram em casa alegando “situação de risco” foi muito inferior ao que se anunciava. E é mais do que sabido, em especial em termos de proximidade, que muitos dos que estão se encontram perto ou mesmo para lá dos limites da resistência física ou psicológica. Por isso, são de uma completa inconsciência medidas que apenas visam sobrecarregar quem está em exercício com “compensação de aulas” por causa das “pontes” ou por outros motivos igualmente espúrios. Ou querer que se ande de escola em escola a observar aulas (mas nessa parte muita da culpa é de quem nem à greve ao sobretrabalho recorre). Ou exigir reuniões presenciais no 1º período quando nada se decide.

A responsabilidade por muitas desta matérias que no mandato passado eram sa SE Leitão, parece que na mais recente reorganização funcional do ME passaram quase todas para o SE Costa, que até passou a ser responsável por dar resposta aos recursos hierárquicos em matéria de avaliação dos directores ou dos pedidos de escusa. Porque a nova secretária de Estado parece ainda mais inexistente do que a anterior e o ministro Tiago pouco aprendeu do muito que não sabia em 2015. Por isso mesmo, o SE Costa se quer os poderes e as competências, não pode continuar a dizer ao ouvido de quem se queixa que nada é com ele ou que por si tudo se resolveria de outro modo, mas que as regras são assim e ele nada pode fazer (e já agora, começa a não ter sentido aquela estratégia de se armar em vítima de perseguições imaginárias). Por acaso, até pode. O problema é que não quer. Porque não quer? Porque há ainda um futuro mais risonho por garantir, que não foi possível agarrar logo em 2019.

2 thoughts on “5ª Feira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.