Pelo Parlamento

Debate a meter pandemia e escolas em lugares de destaque. Confesso que não ouvi a parte inicial porque ainda estava em afazeres escolares e só comecei na parte do procurador europeu, pelo que tive de deduzir o que se passou antes, a começar pelo facto do PM já ter números sobre a situação epidemiológica nas escolas e promessa de começar os testes antigénio (também conhecidos por testes antitiago) já amanhã, em estabelecimentos escolares dos concelhos com risco mais elevado de contágio (que são muitos). Ainda apanhei uma parte em que ele se armou em grande corajoso, oferecendo-se para ser acusado de ser culpado do que se passa. Por mim, não vale a pena oferecer-se para nada, porque já o achava (mais uma clique de cortesãos idiotas e uns quantos cronistas do reino que gostam de escrever as suas prosas em sossego), independentemente da bravata.

Culpado, em especial, de duas coisas (e não me venham com aquela ladaínha de ser errado procurar quem asneirou enquanto está quente): de um enorme erro de cálculo (embora seja verdade que com ele foram muitos na carroça) quanto ao comportamento da maioria da população durante o Natal e de mentir, há uns dias, quanto ao consenso dos chamados “especialistas” sobre a necessidade de encerrar as escolas. No primeiro caso, ainda admito que fosse um honest mistake, com consequências dramáticas decorrentes do facto de ele e o seu inner circle terem perdido completamente a noção do que é a vida entre a gente comum; mas no segundo caso, foi uma falsificação voluntária dos factos, destinada a enganar a opinião pública e fornecer “armas” aos escribas de serviço para defenderem um completo absurdo, alegadamente baseado em “estudos” (desactualizados).

(embora os mais argutos já ensaiem a inversão de marcha…)

Ainda tive a “felicidade” de ouvir o deputado siva, porfírio de sua graça com um ataque frenético de demagogia a traço grosso, dando a entender que só o governo, ele e o seu líder se preocupam com os mais pobrezinhos que se “perderam” no período de E@D, omitindo que nos últimos seis meses nada se fez de substancial para alterar essa situação e para equipar os alunos mais desfavorecidos com meios (não se trata apenas de lhes meter um “kit tecnológico” nas mãos como se fosse o novo magalhães) para enfrentarem todas as dificuldades decorrentes de uma passagem para o ensino não-presencial (ou misto). O santo senhor parlamentar faz-me lembrar outras figuras para todo0s os fretes que passaram pela Assembleia da República, cabeças falantes a metro, com guião pré-estabelecido e a criatividade de um calhau rolante, atropelando a inteligência alheia, colina abaixo.

Parece que as escolas poderão encerrar se o vírus tiver roupagensnovas, very british. E hoje, o presidente Marcelo já admite o que ontem o candidato Marcelo qualificou como um “atropelamento”. Realmente, tudo isto nos relembra que a preparação do Entrudo costuma ser por estas alturas.

7 thoughts on “Pelo Parlamento

  1. Pois este pobre cidadão não lhe perdoa o que ele e o Celinho fizeram na quadra natalícia. Desde o início de dezembro, os epidemiologistas disseram que era um erro abrandar o «status quo» ou sequer dar a entender que se poderiam aligeirar as medidas. Os dois estarolas fizeram-no por eleitoralismo.

    Quantos aos testes, o presidente da autarquia sempre recursou solicitar às autoridades de saúde o encerramento do agrupamento, com o concelho a ser dos 5 primeiros do país ao nível da % de infetados e internados. Agora, quer testar toda a gente. Pois que se teste a ele e à sua defesa do amigo xuxa, Costa do Postigo de seu nome.

    Gostar

  2. Hoje, este governo voltou , se dúvidas houvesse, a clarificar a sua “visão” para Educação: não a quer valorizada, prestigiada e apetrechada. Pretende que seja exclusivamente um instrumento de uma politica assistencialista, pobre, emprecedora e minimalista.
    Sai mais barato e dá mais votos. Cristalino.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.