Dramatização Presidencial

Podia ter sido pré-eleitoral, mas agora dizem que não é tempo de apontar erros. Podia ter sido pré-natalícia, mas havia gente que queria ser “humana” e isso também não interessa nada. Podia ter sido antes de uma parte significativa estar “cansada”, porque parece que isto de morrerem outros cansa muito a quem tem de usar máscara, manter distância e não beber o cafézinho matinal.

Ok, ok, tarde, mas chegou.

Mas sempre somos notícia lá fora…

Reuters

FRANCE 24

The Straits Times

Jornal da Record


3 thoughts on “Dramatização Presidencial

  1. “antes de uma parte significativa estar “cansada”, porque parece que isto de morrerem outros cansa muito a quem tem de usar máscara, manter distância e não beber o cafézinho matinal.”

    Como diria o outro: ‘subscrevo por baixo”.

    Não sei é se lhe chamaria dramatização ou, finalmente, realismo…

    Gostar

  2. O que justificará os erros de palmatória na comunicação covidiana do Presidente da República e do Primeiro-Ministro?
    Apesar do inegável optimismo da parelha e da aflição com as contas, a justificação para terem uma tão grande dificuldade em perceber como funciona o povo que governam só pode radicar numa coisa: o profundo desconhecimento da sua história e da sua psicologia.
    Ora nem pela idade que têm nem pela formação académica que fizeram são os dois suspeitos de não terem estudado História. Começa a ser cada dia mais difícil aceitar que se pode aprender com os erros dos outros.

    Por outro lado, os fenómenos que surgem com cada vez maior frequência no panorama político mundial precisam de ser estudados de uma maneira radicalmente diferente. São fenómenos surgidos na era digital e têm uma aparente ligação a fenómenos populistas, fascistas ou comunistas da primeira metade do século XX, mas não basta manipularem a psicologia de massas e as causas identitárias para que se possa reduzi-los a novas versões desses movimentos sociais. Na análise do novo fenómeno, precisamos de uma mudança-se de método equivalente à passagem da mecânica newtoniana para a relatividade geral.

    De qualquer modo a IA vai substituir os comentadores desportivo-políticos na previsão de conjuras e antecipação de movimentações. Vai demorar tempo? Algum, mas muito menos do que se julga. Já se ganham eleições com isso.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.