Têm Andado Muito Ocupados

A encomendar computadores não foi. E ajuda a perceber que, em boa verdade, não estavam mesmo à espera de passar para o não-presencial. Nem equipamentos, nem enquadramento. E os Pedagógicos agora andam a decidir na base do “é para já e em força!”, nem sempre com a dosagem de bom senso que deveria estar na bula.

Nem é que eu concorde com soluções únicas, porque acho que devem ser diferenciadas conforme as idades e ciclos de escolaridade, mas a verdade é que a 20 de Julho (Resolução do Conselho de Ministros n.º 53-D/2020) anunciaram e mais de 6 meses depois nada foi feito, para além de uns esclarecimentos formais (mas que não têm qualquer valor vinculativo) do SE Costa aos directores naquelas sessões de agit-prop de que cheguei a transcrever a maior parte.

16 – Determinar que, quanto à organização e funcionamento das atividades letivas e formativas no regime não presencial:

a) Cabe à escola adequar a organização e funcionamento do regime não presencial, fazendo repercutir a carga horária semanal da matriz curricular no planeamento semanal das sessões síncronas e assíncronas;

b) O membro do Governo responsável pela área da educação define a percentagem de sessões síncronas que devam verificar-se;

c) As sessões síncronas e assíncronas devem respeitar os diferentes ritmos de aprendizagem dos alunos, promovendo a flexibilidade na execução das tarefas a realizar;

Sabem o que já está em desenvolvimento em muitos sítios? Isto:

f) Os docentes devem proceder ao registo semanal das aprendizagens desenvolvidas e das tarefas realizadas nas sessões síncronas e assíncronas, recolhendo evidências da participação dos alunos tendo em conta as estratégias, os recursos e as ferramentas utilizadas pela escola e por cada aluno;

O “registo semanal das aprendizagens desenvolvidas”? Todas as disciplinas vão fazer uma esse registo “por cada aluno”? Com base em que metodologia de avaliação? No de soterrar a petizada em tarefas?

3 thoughts on “Têm Andado Muito Ocupados

  1. Absolutamente vergonhoso! Como digo há muito, há muito professor que é mais “papista que o Papa” e da maioria dos diretores então, é melhor nem falar… lá teria de mandar nem sei bem onde. Uma coisa é certa: quem manda recolher evidências não as vai recolher de certeza, porque não irá dar nenhuma aula síncrona! E o problema é exatamente esse! Como se diz no Brasil: “PIMENTA NO CÚ NOS OUTROS, PARA MIM É REFRESCO!”

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.