2ª Feira – Dia 1 Não-Presencial

Vá lá… as obras em causa foram rápidas. Mas… há novas ameaças sonoras.

São quase 9 horas, cá por casa já arrancou a segunda vaga de E@D. Assim como obras em casa próxima, matinais, vigorosas, com bela sonoridade, a céu aberto, a entrar-nos pelas janelas. É cruzar os dedos e acreditar em magia.

3 thoughts on “2ª Feira – Dia 1 Não-Presencial

  1. Voto de louvor

    A Junta de Traseiras, na sua última reunião, exarou em acta um voto de louvor aos professores do #EstudoNaVenda.

    .Motivo: como se pode ler no excerto afixado na porta da venda, ” os briosos professores disponibilizaram os seus zingarelhos para ajudarem, durante uns dias, a rapaziada no ensino a distância. E não resmungaram qualquer contrapartida , nem sequer para o acrescido consumo de água que a gracinha lhes vai custar! ”

    O SPP( Sindicato dos Professores da Planície) não perdeu tempo e pendurou no mesmo local uma comovente justificação : ” Homessa ! Então íamos fazer essa desfeita aos nossos infantes? Se até nos fica mais barato trabalhar em casa, porque não gastamos gasoile (sic) na viagem! ”
    E, quiçá insinuando alguns privilégios que detêm, comparam-se com os compadres que labutam na planície :
    1- A pandemia arrastou muitos trabalhadores da pedreira e do lagar do azeite para o desemprego e para o layof – nós, por lei , estamos livres da chaga. Temos o 23 garantido, mesmo no mês de Fevereiro que só tem 28 dias.
    2-Além disso, ao contrário daqueles patrícios ,chovem umas feriazinhas – extra (extra!): para preparar a consoada; para irmos ao Carnaval a Badajoz; para irmos a banhos na Páscoa, e no Verão nem é bom falar.
    Vendo bem, em tudo ficamos a ganhar aos nossos compadres – que pagam a décima. A Junta não tem de agradecer, porra!

    Agora digam que todos os professores são uns “pobres mal agradecidos ” !

    Gostar

  2. Mas a rede não chega para levar o desportáctil à casa do vizinho? É que isso poderia ser usado como aula síncrona de várias matérias: Língua Portuguesa para Pedreiros, Portugês Técnico para Estucadores, Cidadania (efeitos do bullying em situação de exploração de mão-de-obra infantil), Química para Pintores (como fazer render a tinta quando o orçamento já está curto e não há sítio para aliviar a próstata), Educação Física (step no escadote), Poesia (a arte do piropo à transeunte), Artes Plásticas (escultura de alto e baixo relevo na abertura de roço para canalização), Música (martelo bem ritmado), Sociologia (formas de sociabilização nas micro-empresas e modelos de integração dos imigrantes), etc.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.