A Sério?

Que pena que quando se disse exactamente isto há meses (o problema não era o vírus estar debaixo das mesas, fecho e abertura de escolas deveria ser faseado), tivesse sido sem o selo de “especialista”, mas apenas de pessoas com dois dedos de testa.

Mas já sei que o PM viu “divergências” entre os especialistas, porque um maduro qualquer disse o que ele queria ouvir e que ele não governa com base em “previsões”, a menos que sejam as do centeno, descendentes e colaterais. Que tendem a falhar e não é pouco, mas sáo sempre respeitadas.

Especialistas convergem na ideia de que as escolas têm impacto no número de infeções — mas não tanto pelo que acontece lá dentro. Porém, a reabertura terá de ser feita “mais cedo ou mais tarde” e Marcelo já pediu um plano para isso. Os dados ainda são curtos e a decisão “nunca pode ser universal”

12 thoughts on “A Sério?

  1. Máscaras de tecido “caseiras” proibidas nas escolas francesas….. Também as janelas das salas de aula terão de ser abertas de hora a hora e aumenta para dois metros a distância entre os alunos na sala de aula, determinou o ministro da Educação francês, Jean-Michel Blanquer.

    Gostar

  2. Há tantos problemas nas escolas… Parecem não ter fim… Outro pelo qual me debati no início do ano letivo foi pelo elevado número de alunos por turma, no 1.ºciclo. Não falo dos outros por falta de conhecimento. No meu caso, em particular, terminei o ano letivo de 19/20 com 24 alunos (a turma desde o 1.ºano era constituída por 26, atualmente está no 4.ºano). Pensei que ficaria no ano letivo 20/21 com 24 alunos pois estávamos em ano de pandemia, era necessário o tal falado distanciamento… Claro que isso não aconteceu e qual foi o meu espanto que em setembro quando recebi a lista da turma, continuava precisamente com 26 alunos.
    Estamos numa sala lado a lado, ombro a ombro e felizes.
    A única pessoa a manifestar o incómodo foi a professora, Eu. Mas como isto é igual ao que se passa com a avaliação, vassalagem e amiguismo, ninguém quis saber do que reclamava…
    E assim continuamos felizes, lado a lado… por isso que importa usar ou não máscara comunitária, abrir ou não as janelas. A ilação que retiro é que a responsabilidade do que se passa nas instituições fica sempre solteira!

    Gostar

  3. “… mas não tanto pelo que acontece lá dentro”. O quê?
    Se os especialistas referem que em mais de 80% dos casos não se sabe a origem da contaminação;
    Se só com o encerramento das escolas é que foi possível reduzir drasticamente os números;
    Logo, o assunto da manutenção das escolas abertas foi mal tratado.
    Primeiro porque não se sabendo da maior parte da origem da contaminação, não se poderá dizer que é no interior da escola ou fora. Em segundo, o que a nós sociedade poderá interessar, se a contaminação acontece dentro ou fora, se com as escolas abertas as duas são indissociáveis.

    Gostar

  4. E quem é que, nas escolas, na ânsia de se chegar aos grandes e de humilhar os pequenos, andou a dar cobertura ao governo?
    Quem foi, quem foi?
    Quem é que mandava ordens aos docentes para serem discretos quanto aos novos casos nas escolas?
    Quem nunca teve frontalidade para denunciar as falácias?
    Havia muitos casos nas escolas, mas tudo tinha de ficar de bico calado. Ainda tiveram a lata de ir para as TVs dizer que nas escolas que geriam estava tudo bem.
    Morreu gente, e muita. Tão criminoso é o que mata como o que fica à porta!

    Liked by 1 person

    1. Os diretores ocultaram e/ou mentiram sistematicamente quanto às infeções.
      São responsáveis morais pelas tragédias mortes, que estão a ocorrer.
      O comportamento persecutório dos últimos anos atingiu o IMPENSÁVEL, a VIDA vida os professores.
      …e eles bem isolados nos seus gabinetes com ar condicionado.

      Gostar

  5. Que rico dia de sol…e é gente a andar na rua. ” diz se no passeio higiénico”. Mas pelo que vejo, não é vizinhança….os números estão a descer e tem a maior descida? Estarão a realizar menos testes? Espero que não andem a enganar outra vez por pressas do antigénio Tiago e da múmia do se costa.

    Gostar

  6. Passeios higiénicos é a nossa maior salvação.
    Acaba o sendentarismo, captas mais vitamina D, quebra a depressão etc.
    Não deveria existir regras de proximidade e de mascara na RUA havendo distanciamento entre pessoas.
    Não te incomoda com os passeios higiénicos… Henrique

    Gostar

  7. O problema é que a vitamina D rapidamente desaparece do organismo…
    E o que me chateia é que está comandita continua a enganar com números truncados.. mas se calhar sou eu que estou rabugento com isto tudo e com uma inveja desgraçada do camarada gato que vive debaixo do mesmo tecto e que está sempre na sorna.

    Gostar

  8. Porém a reabertura terá de ser feita “mais cedo ou mais tarde”!!!. É assim que eu gosto dos decisores, firmes, custe o que custar, e com ideias claras, carago!!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.