No Público Online

Eu podia ficar calado, mas não seria a mesma coisa.

Li com natural interesse e atenção a carta aberta que amanheceu esta terça-feira na comunicação social. Embora no momento em que a li já tivesse mais de duas centenas de subscritores, só o currículo conjugado da centena inicial deixa qualquer pessoa subjugada e com receio de levantar a mínima reserva ao saber, que assim fica por demais evidenciado. Só lamento que, nos casos aplicáveis, quase todos tivessem deixado de fora a qualidade que partilham comigo e que é a de também serem mães, pais e, portanto, encarregados de educação.

Apesar de intimidado, alguma destemperança natural faz-me questionar alguns dos pressupostos e propostas que se fazem em tal documento, por considerar que carecem de um necessário bom senso, que nem toda a formação académica do mundo consegue prover.

5 thoughts on “No Público Online

  1. Repare bem no título tendencioso:

    “Covid-19. Professores podem ter papel central na transmissão nas escolas”.

    Não é isso que o texto diz! O que diz e que todos nós já sabíamos há muito (não é preciso ser-se um génio) é que há transmissão nas escolas e aquela história das “bolsas” é areia para os olhos dos tolos.

    https://www.publico.pt/2021/02/24/ciencia/noticia/covid19-professores-podem-papel-central-transmissao-escolas-1951866

    Gostar

  2. O texto perfeito, as palavras certas, a qualidade a que nos habituou…a maioria do povo também quer as escolas fechadas e simultâneamente condena a preparação que o governo não fez do E@D . A maioria dos portugueses percebeu bem o tipo de malta que à nossa custa se governa. Além disso preferem ter os filhos e os familiares vivos. Só os parasitas do sistema precisam que se fale deles para continuarem a governar-se à custa daqueles que na realidade trabalham.
    Obrigada, nós precisamos de portugueses assim! Permita-me um conselho: faça podcasts todas as manhãs e envie para tsf, is, obs, dns, jns, públicos…eles nunca têm notícias e acabam por agarrar aquilo que se destaca pela sensatez e qualidade.
    É só tirar uns minutos por dia…se esses tipos que andam a fazer de nós, da pandemia e dos nossos doentes o trampolim para os seus esquemas pessoais é preciso que faça isso.
    Alguns desses não falham esse sagrado ritual e são tão fraquinhos…Porquê deixar que a comunicação social os aproveite quando lhes falta material?

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.