4ª Feira

Chama-se “paternalismo” e não “inclusão” às práticas de condescendência preconceituosa que assumem que os alunos de outras origens culturais/étnicas ou contextos económicos desfavorecidos só podem ter bom desempenho se os padrões de avaliação forem adaptados no sentido da simplificação.

10 thoughts on “4ª Feira

  1. Bingo!
    Do mesmo modo que é refinado racismo fazer birra quando se fala em “raças” (como se pertencer a uma qualquer raça diminua ou promova alguém) ou quando de identifica um indivíduo pela diferença que mais o evidencia num universo – a cor da pele (como se ter a pele preta, por exemplo, seja um defeito que convenha esconder).

    Liked by 1 person

  2. Os curricula deviam ser, também, desfeminizados. É chocante a desigualdade de desempenho entre alunos e alunas. Os interesses do rapazes, que, como se sabe, tendem mais a jogar no computador, a ver vídeos “humorísticos” e pornografia, e a amadurecer mais tarde, são injustamente penalizados pela escola, que favorece as alunas, as quais, em termos proporcionais, se dedicam aos estudos e são mais responsáveis.

    Gostar

  3. O Henrique Raposo tem um texto engraçado sobre o mesmo tema no Expresso do passado fim de semana. Disléxico e pobre se não estou em erro.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.