Mas Há Quem Ande Muito Incomodado Com Os Alegados 900 Milhões Para A Educação

E podem ter a certeza que estas grandes empresas não são das que têm prejuízos ou estiveram fechadas meses a fio. São os gulosos do costume que comem quase tudo o que de melhor aparece na mesa gerida por políticos em busca de lugares nessas mesmas grandes empresas ou em cargos derivados. Porque para os pequenitos ficam mil milhões, grande parte “comida” pelos “consultores” que as “ajudam” a obter os “apoios”.

Grandes empresas podem ir buscar €4 mil milhões ao Plano de Recuperação

6ª Feira

Por causa do feriado, o texto tinha sido originalmente escrito ainda antes do anúncio dos milhões, pelo que o parágrafo inicial foi revisto (e enviado, mas não foi corrigido) e deve ser lido conforme o que se segue:

Anunciou-se com estrondo e promessas de muitos milhões o plano central para recuperação das aprendizagens que consta terem sido perdidas em paradeiro incerto durante o confinamento. Já não sei quantas vezes falei ou escrevi sobre o tema, que passa por ser muito sério, mas que em grande parte é uma ficção conveniente para justificar medidas como a revisão de alguns conteúdos disciplinares e a criação de grupos de trabalho com gente muito selecta e especializada na matéria, mesmo que tenham aterrado no debate sobre a Educação à boleia da pandemia.