Incomunicabilidade

O texto de domingo sobre o cansaço teve um número anómalo de partilhas e de likes no Educare, mais do que duplicando o de outro dia sobre a paciência. Este tipo de identificação com certos temas não é um acaso e é isso que é muito difícil comunicar a algumas pessoas, a começar pelos governantes que andarão esta semana a espalhar o Verbo do 21|23 e continuando pelos rabos sentados a quem muito desgostam as aulas, apesar do imenso amor pelos alunos ou por aquelas araras sobre quem escrevi no outro dia, sempre alegretes com os novos “desafios”. A comunicação com essas pessoas tornou-se muito difícil e acho que dos dois lados já não nos consideramos colegas, porque há quem se tenha começado a achar muito acima e eu entrei num caminho que culminará na total indiferença em relação ao que acho mero folclore. Se isso me faz um professor fora de moda e nada xalente? Que se lixe com muito ph.