Domingo À Tarde

Não vejam só bola, vejam séries muito bem escritas. São todas, à sua maneira, uma delícia e fazem-nos sorrir com gosto. A do Michael Douglas é especialmente interessante porque permite-nos reencontrar (apesar de o Alan Arkin ter infelizmente desaparecido após a segunda temporada) uma série de actores que o “sistema” foi varrendo para o lado à medida que ficaram menos novos e não cederam à plastificação.

Domingo

Por isso, foi com um gosto muito especial que me juntei a eles, após um ano de interrupção da presença comum em sala de aula, a convite da actual directora de turma para recordar com a brevidade que as circunstâncias exigem alguns dos muitos momentos de quatro anos de convívio diário, especialmente intenso durante os anos do segundo ciclo. E soube bem. Foi uma despedida com sorrisos e poucas palavras, que esta coisa dos afectos se deve mais praticar e sentir cá dentro do que enunciar para consumo público.