E Quando Grande Parte Disto Não É Cumprido?

Como é? O pessoal cala-se por receio de consequências? Para não criar “mau ambiente”? Para não “prejudicar os colegas que precisam de avaliação”?

Acreditem que se a add é má (e eu digo-o e escrevo desde que existe, não apenas quando me bateu à porta, como acontece a quem só dá pela chuva quando ela lhe cai em cima), o que andam a fazer dela ainda é pior.

A função de avaliador externo não está prevista no ECD, por isso nem dela falo (por muito que a DGAE produza indeferimentos irregulares dos pedidos de escusa); já a nomeação dos avaliadores internos depende, em alguns casos que vou conhecendo, dos pedidos d@s avaliad@s, não se cumprindo a lei, nem de perto, nem de longe; muito menos aquela parte da definição da função no início do ano lectivo para desenvolver o tal acompanhamento do trabalho.

Há Conselhos Pedagógicos que “porque está tudo na lei”, não definiram nada em termos de parâmetros, critérios ou descritores de desempenho e é tudo a olho (ahhh… e é um bocadito batota ir defini-los a posteriori e colocar data anterior, quando sentem algum “aperto” inesperado); outros definiram critérios inexequíveis para parte dos docentes (sim, já estive num recurso em que um descritor era impossível de ser cumprido por boa parte dos docentes, mas “como já é assim desde 2012 e ninguém se queixou”, parece que se assumiu como legal);

Quanto ao papel de algumas SADD é melhor uma pessoa calar-se (por agora, pelo menos, porque há reclamações e recursos no horizonte de quem ainda não aceita ser abusad@ e ficar calad@), pois as pressões para “harmonizações” vão muito além do aceitável e quer-me parecer que, escavando, muita coisa podre se acharia, assim muit@s colegas não optassem pelo remanso. Isto para não falar de coisas que são do foro da mais absoluta falta de princípios deontológicos e éticos, já nem sequer falando dos que a lei ainda contempla de forma explícita.

Posted in ADD

5 thoughts on “E Quando Grande Parte Disto Não É Cumprido?

  1. Novos Parabéns , grande Paulo.
    Dia a dia , vais mostrando a enorme pinpineira de todo este processo.
    Ninguém diz nada … não estranho.
    Cada um quer é safar o ” seu “. Quanto menos ondas …melhor !!!
    É triste mas é a pura verdade.

    Gostar

  2. A maldade desta Assédio Desmoralizante Disruptivo (ADD) foi muito bem pensada. Não sei se os autores seriam primos do marquês de Sade, mas encarnaram na perfeição o pior da alma portugusa tantas vezes executado pelos mais sinistros inspetores da PIDE.

    Gostar

  3. Este modelo de avaliação que já era um vómito azedo na sua concepção, continua a sê-lo passados todos estes anos pois o gene da sua fermentação continua presente.
    Os idiotas que o pariram cumpriram a sua missão que era a travagem ao acesso aos escalões superiores de vencimentos a um considerável número de docentes. Foi esse o único e exclusivo desígnio que esteve na sua origem, pois a valorização e o reconhecimento do mérito são outra coisa distinta que nada tem a ver com isto, mas mesmo nada.

    A direita que embarcou depois no governo psd/cds não se atreveu a alterar o modelo, nem sequer a mexer na vaca sagrada lurdessocrática do modelo de gestão, no estatuto do aluno, etc., pelo contrário, até agravou algumas situações com a supressão do par pedagógico na disciplina EVT (mentindo em relação a intenções anteriormente manifestadas antes de ser governo), a insegurança aos docentes mais novos que com os exames então implementados colocou em causa a sua formação de origem, o desbaratar de subsídios ao ensino particular em áreas geográficas com oferta de ensino público, e por aí fora.

    Este ps que de esquerda se distingue cada vez menos dos seus antecessores, retomou e fez finca pé em quase tudo quanto era negativo que brotou e cresceu nos tempos de Sócrates (essa referência incontornável da esquerda, ah! ah! ah!), e de Passos, retomando o tique de mostrar os dentes aos professores em vez de os mostrar à banca criminosa e irresponsável, assumindo-se igualmente como gente não recomendável.

    Como é possível que ainda estejamos a viver estes pesadelos?
    Quando é que os professores se decidem a sair da letargia e a “ferrar na canela” desta gente toda?

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.