Ele É Que Soube Sempre De Tudo!

David Justino dá uma entrevista em que faz aquilo que o ouvi criticar a outros, com muito menos razão. Pelos vistos, ele é que sempre soube tudo e desde o início denunciou “uma clara rutura com as grandes linhas de política educativa que foram desenvolvidas nas duas décadas anteriores”.

Não é verdade que as actuais políticas sejam um “clara rutura” com as políticas das décadas anteriores, muito menos em várias das áreas que identifica. Para além de que oculta aquilo em que a continuidade é a regra. Dá como exemplos de mudança de rumo “a valorização das vias profissionalizantes, o alargamento da escolaridade obrigatória, o reordenamento da rede escolar ou a existência de provas de avaliação externa no final de cada ciclo”. Tirando a última, no resto não encontro qualquer ruptura, até porque não percebo se Justino, se fosse ministro, continuaria a fechar escolas ou a alargar a escolaridade obrigatória. Quanto às “vias profissionalizantes”, estes últimos anos têm sido de reforço das facilidades para o seu sucesso. Pura e simplesmente, não faz sentido o que afirma. Já quanto à manutenção da “racionalização” na gestão dos recursos humanos, do modelo único de gestão escolar, do estrangulamento da carreira docente ou da pressão para produzir sucesso a qualquer preço.

Não vale a pena apontar o exacerbado pessimismo quando prevê para anos e anos, ou mesmo uma década ou mais, os efeitos da pandemia na Educação, porque sabemos bem que há quem tenha pensos à venda para algumas das cicatrizes apontadas.

Mas a resposta que padece da maior carga de hipocrisia, em quem nunca se opôs de forma clara à proletarização e precarização da profissão docente é a que a seguir transcrevo e a qual nem vou comentar ade forma extensa s parcelas que revelam menor decoro, desculpem coerência, para não ser profundamente desagradável para com alguém que, afinal, acha que de 1995 a 2015 tudo foi feito da forma certa e sem sobressaltos.

Pelos vistos, embora tenha defendido, ainda jo CNE, que a redução dos alunos de turma era prejudicial pelos encargos (calculados de forma hiperbólica) que acarretaria, agora diz que a medida é errada por causa da falta de professores. Digamos que esta é uma “clara rutura” com o que afirmou no passado, mas só os burros é que não mudam de opinião, conforme as conveniências.

Especialistas alertam para uma grande falta de professores, sendo que alguns grupos de recrutamento já estão com carência de docentes. Como se resolve a questão?
Não temos alternativa: tornar a profissão mais atrativa. Mas isto, como é característico em educação, leva anos. Não há medidas mágicas para que os mais jovens entendam a profissão docente como algo de atrativo e socialmente reconhecido. Até lá temos de gerir melhor os recursos docentes que existem no sistema. A tentação mais perigosa é a de voltarmos a aligeirar os requisitos para se ser professor. Por isso teremos de ser mais exigentes e recompensar essa exigência com maiores benefícios e condições de trabalho para os professores. Percebe agora as consequências de reduzir drasticamente o número de alunos por turma? Se o fizermos, vamos criar mais turmas e depois não temos professores suficientes para as lecionar. Uma boa gestão de recursos humanos em educação pressupõe um planeamento minucioso e a longo prazo. Não se compadece nem com voluntarismos nem com medidas avulsas.

12 opiniões sobre “Ele É Que Soube Sempre De Tudo!

  1. Lembram-se, quando ele era ministro da educação, que quis acabar com a Filosofia, substituindo-a pela História das Ideias e da acultura?
    Foi ele um dos primeiros a querer transformar a Filosofia naquilo que é hoje, um cojunto de matérias
    ausente de espirito critico.

    Gostar

  2. Resumindo : diz ,desdiz ,volta a dizer … vive num mar de rosas , volta a desfizer , vem uma onda , mais novas rosas ,multiplica por 20 e divide por mil , etc
    Conclusão final : inconsciência total , e o falar vai dos queixos.
    Falar é fácil … fazer algo é mais complicado.

    Gostar

  3. Foi com ele que a degradação da Educação se iniciou. Cultivou uma imagem de ministro com algum pensamento estratégico que nunca correspondeu à verdade. Sempre se enredou em contradições e sempre foi camuflando os seus preconceitos contra os professores.
    Fiquei atónita quando o Rio o foi repescar para grande ideólogo do partido. Com ele, o PSD não soma um voto, principalmente, junto de quem ainda se lembrar do que foi enquanto ministro…

    Gostar

    1. Rui Rio é isso mesmo: um ultrapassado pelo tempo sem disso se aperceber (tal como o Justino).
      Daí os resultados que vai/vão ter. Vão ter os votos dos que chamo os indefecáveis (que há em todos os partidos).
      As alas centro e direita de votantes no velho PSD vão votar maioritariamente no IL (eu vou).

      Gostar

  4. Concordo com grande parte do dito em relação ao Justino (exceto os “sabujo” e afins).

    Mas…

    Algum colega me consegue dizer durante quanto tempo ele foi ministro da educação?

    Acham mesmo que tem essas responsabilidades todas que lhe atribuem?

    Olhem lá não estejam enganados pelo vosso beatismo patriótico de esquerda, lol.

    Gostar

  5. …este “sr.”é um charlatão.
    Foi/é conivente com todas as políticas da famigerada mlr e foi um dos ideólogos da tristemente célebre, e nunca esquecida, mudança de opinião, da noite para o dia, do líder, acerca do tempo de serviço dos professores .
    Que vá “morrer longe”!
    Ele e este psd, NUNCA MAIS.

    Gostar

  6. “Não temos alternativa: tornar a profissão mais atrativa.”
    Como? Mostrando aos futuros professores, agora ainda na escola, o inferno que é ser professor de turmas ENORMES…
    Esta gente esquece que os professores do futuro não vêm do espaço sideral: sentam-se nas cadeiras da sala de aula e assistem na primeira fila ao espetáculo que é uma aula. E depois, se têm vocação, abafam-na.

    Gostar

  7. Durante a pandemia, para entrar em qualquer serviço era necessária marcação e no interior encontravam-se meia dúzia de pessoas em espaços com 100m2.
    Os professores estavam em “locais seguros”, salas de 50m2 com 30 pessoas no interior!!!!
    Foi este respeito pelos docentes.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.