Sábado

Ainda faz sentido escrever acerca da Educação que temos, numa perspectiva crítica, quando se observa que uma larga maioria optou pela apatia, fruto do desânimo, ou pela colaboração, mais ou menos activa, fruto da hábil distribuição de migalhas de influência e aparência de poder a grupos ou indivíduos? Quando aqueles que nada fizeram para combater os abusos do passado quando tomaram conta do asilo e se limitaram a estender a influência das tendências mais lunáticas, com uma crescente complacência, que deixa a quem queira exercer o contraditório o papel ingrato de parecer ele próprio o maior dos lunáticos?

A resposta parece-me óbvia; faz aparentemente cada vez menos sentido, mas cada vez é mais necessário; porque se todos nos calarmos, todos seremos responsáveis por erros evidentes pelos quais, depois, naquela estratégia do “todos concordámos ou calámos”, ninguém será responsável seja pelo que for, porque todos foram cúmplices. E não me refiro apenas às macro-políticas da Nova Escola do Efémero (conceito a desenvolver m texto maior para outras paragens), mas também às micro-políticas locais que também se baseiam na crença de que, por apatia ou colaboração, a esmagadora maioria está finalmente controlada e quem desalinha é fácil de isolar e abater.

6 opiniões sobre “Sábado

  1. Pois… é um nó bem górdio.

    Vamos ver até quando continuará a ser possível desalinhar na Net (eles andam empenhadíssimos na resolução dessa pedra no sapato).

    Gostar

    1. Há uma estratégia que é cooptar pontas de lança que antes alinhavam no Críticos FC, seduzi-los com um contrato melhor ou pelo menos sem impedimentos e incentivá-los a espalhar assim umas insinuações malandrecas sobre os colegas de equipa. E ao gabinete de comunicação do SC Situação e Amigos basta enviar a cartilha aos médios distribuidores já conhecidos, mas que agora recuam no terreno, deixando mais á vista as novas aquisições.

      Liked by 1 person

  2. Há sempre vantagem em contestar: faz subir o preço. Por isso não se percebe que haja tanta gente a vender-se por tão pouco. Se as pessoas continuassem venais mas fossem um pouco mais perspicazes, aumentariam o nível da contestação e criariam pressão sobre os governos. Pelo que sempre achei que o problema da sociedade contemporânea não é a falta de convicções mas sim a escassez da inteligência.
    O Barroso teve de fazer tarimba no partido dos meninos reguilas para acabar onde acabou. Esta malta agora pensa que andar a carregar a malinha do chefe lhe vai resolver a vida. Olhem para os aeroporto de Cabul e desenganem-se.

    Liked by 1 person

  3. As ideologias críticas que tentam negar a ordem estabelecida não podem mistificar os seus adversários pela simples razão de que não têm nada a oferecer — por meio de suborno e de recompensas pela acomodação — àqueles que já estão bem estabelecidos em suas posições de comando, conscientes de seus interesses imediatos tangíveis. Por isso, o poder da mistificação sobre o adversário é um privilégio da ideologia dominante, e só dela.
    [MÉSZÁROS, 1996, pp. 523-524]. In Duarte, N., 2001

    Liked by 1 person

  4. Anacronicamente, em democracia, a estratificação social no ensino é muito maior do que era no tempo da ditadura.

    Eu e os meus irmãos sempre andámos na escola primária do Estado, no liceu do Estado, na universidade do Estado.

    E com quase toda a gente do nosso meio social acontecia o mesmo.

    Na classe média, só os maus alunos iam para o colégio oficial.

    Hoje passa-se o contrário: quase toda a gente da classe média tem os filhos na escola privada; na escola oficial estão os piores alunos e os filhos dos pobres.

    https://sol.sapo.pt/artigo/744125/a-vaca-sagrada-

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.