Há Muito Pouca Esperança De Mudanças Significativas…

… em qualquer situação, quando boa parte dos potenciais interessados optam (ou se deixam seduzir) pelas micro-causas com ganhos pessoais, perdendo de vista o que pode ser significativo para uma larga maioria. Quando disfarçam o seu interesse particular em algo que apresentam como de interesse geral. Aquilo do “dividir para reinar” transformou-se no “dividir para me desenrascar”. a coerência é atirada para qualquer lado e aceita-se ser parte activa de uma engrenagem que até há pouco se considerava e malévola. Estes últimos 3-4 anos têm sido muito férteis no vira-casaquismo, mas uma versão que se tenta disfarçar com muito barulho justificativo e lançamento de pseudo-lutas ao lado, para ver se ninguém dá muito por isso. Claro que as criaturas (e grupos) têm nome, quem estiver atento percebe bem certos desaparecimentos e reaparecimentos estratégicos. Claro que só os burros não mudam de posição. Mas há malabarismos com proezas e malabarismos encarpados em torno dos 180 graus que a minha compleição e uma certa rigidez nas vértebras não permite. Já bebo bastante água, tenho de passar para as cápsulas de cartilagem de tubarão e colagénio. E botox pró sorriso social.

4 opiniões sobre “Há Muito Pouca Esperança De Mudanças Significativas…

  1. Infelizmente não é apenas no ensino.
    Esta postura verifica – se em tudo. Em todas as profissões.
    Nisto os ” animais ” são muito mais verdadeiros.
    Gostam ou não.
    E a sua conduta depende apenas disso.
    Não utilizam estes jogos florais.

    Gostar

  2. Temos de ser compreencívicos. Trata-se de um fim de festa que se afigura pouco flamboyant e a manada, que já percebeu que não há nada de natural na imunidade e que esta só se aplica ao desvio de fundos, está a rapar as migalhinhas.
    Foi, apesar de tudo, uma bela história. Uma história que começou com deuses que se disfarçavam de homens para vir à terra assediar as virgens e terminou com homens que assediam virgens porque se julgam deuses. Uma história que começou lá para os lados da Ásia Menor e termina numa azia cada vez maior. Uma história que se escrevia com 24 caracteres alfabéticos e se conclui com uma escrita que envolve umas dezenas de milhar de ideogramas.
    E quem confiava poder encontrar o caminho para um final feliz seguindo o trilho das migalhinhas, acabará perdido na floresta: as aves de arribação paparam tudo.
    Podemos sempre sonhar com uma bruxa rica que se deixe enganar e nos proporcione os meios para um regresso triunfal à casa mãe — ao estilo do veraneante com Audi alugado ostentando matrícula do Luxemburgo —, mas o mais certo é o príncipe já ter delapidado o tesouro da velha para poder sustentar uma caprichosa Branca de Neve da Colômbia.

    Liked by 1 person

  3. Há disto em todo o lado, mas havia menos no ensino não superior, o sistema -e com ele,nós todos, a classe docente – depois de MLRodrigues e Sócrates ficou e ainda está muito semelhante ao sistema do superior, de onde realço, os ninhos de víboras que são os Institutos Politécnicos , verdadeiros laboratórios de fenómenos peri-nazis ( chamo-lhes assim à falta de melhor) . Gostaria de rever o filme “o ovo da serpente”, onde estes fenómenos estão representados e aconselho vivamente que tentem ver ou rever. Quanto às articulações e vértebras há gente que nem ossos nem cartilagem tem, são gelatinosos. Já agora devo dizer de passagem que tomo esses suplementos referidos no post, mas nunca o de barbatana de tubarão, pois li algures que lhes retiram a barbatana enquanto vivos e os deixam no mar a morrer à fome, pois deixam de poder nadar. Pode ser mentira , mas o tubarão é espécie ameaçada. Também não uso botox, o sorrisinho pode ser com rugas, cinismo q.b. não digo que nunca tenha usado, seria falta de modéstia :-)…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.