Propaganda (De)Formativa

Só me apareceu hoje este post feicebuquiano do SE Costa, que um amigo meu partilhou para justamente discordar desta forma de instrumentalizar a formação contínua, afunilando-a ao serviço dos feudos dos amigos. Como os serviços centrais do ME, os CFAE levam palmadinhas nas costas se forem extensões acríticas da direcção política, com uma autonomia mínima.

Hoje, em Fátima, reunimos os diretores dos Centros de Formação, para apresentar os próximos passos na formação contínua:

Continuidade do projeto MAIA, sob coordenação científica do Prof. Domingos Fernandes.

– Continuidade do programa de capacitação digital dos docentes, integrado no plano de transição digital na educação.

Matemática do Ensino Básico, sob coordenação da Professora Leonor Santos, para capacitação científico-pedagógica para as aprendizagens essenciais da disciplina, que integram novas áreas como o Pensamento Computacional.

Educação Inclusiva, sob coordenação científica do Prof. David Rodrigues, para a capacitação das escolas a nível organizacional e para práticas concretas de inclusão.

– Aprendizagens Essenciais, para atualização científico-pedagógica dos docentes nas suas áreas específicas.

Os CFAE têm desenvolvido uma atividade intensa em muitas frentes, permitindo que as medidas curriculares sejam debatidas, monitorizadas e divulgadas.

Muito obrigado pelo trabalho de todos!

7 opiniões sobre “Propaganda (De)Formativa

  1. O lava-pés e o beija-mão pascais em difusão natalícia?
    Será que os diretores dos centros de formação vão alinhar no papel de renas?
    A carga do trenó, por ser tão fraca, vai-lhes beliscar a credibilidade. Devem ter noção disso, não?

    Gostar

  2. Ouviram a Manuela Ferreira Leite dizer na TV que o ministro não pode levar a cabo um programa ideológico através do ministério da educação?
    Parece que foi a propósito daqueles miúdos de Famalicão (mas a formação segue o mesmo receituário).
    E até acrescentou que depois não pode (o dito cujo) dar o dito por não dito, contrariando as leis.
    Isto é calibre governativo digno de transitar para unesco?
    O mundo emburreceu?!

    Gostar

  3. “Os CFAE têm desenvolvido uma atividade intensa em muitas frentes,”. Se o fizeram, não se vê na oferta formativa especifica, que continua escassa ou inexistente.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.