Falta-me Pachorra…

… para a sucessão de notícias sobre o destino político de Francisco Assis. Parece que se afirmou disponível para amar, mas o recusaram, o que ele depois acho ser normal. O que eu acho anormal é que este “senhor” consiga fazer-se notícia por tudo e nada, quando o seu passado ao serviço do socratismo no Parlamento (e não só) foi o que foi, vivendo sem problemas anos a fio ao lado (e a defender politicamente) aqueles que ou vão presos para não fugirem ou ficam cá fora por causa. Parece que não lhe chega ser presidente do CES, onde pode parece que poderá ficar mais uns anos a passear a sua inutilidade. Consta que um dia foi professor de Filosofia, mas parece que é daqueles que deve ter detestado, assim como deve detestar ter um emprego a sério, que não dependa das sucessivas direcções partidárias. Não é que as listas do PS sejam maravilhosas, mas a sua ausência sempre é um dos seus poucos pontos positivos. Já o deputado Siva, Porfírio de nossa desgraça, outro filósofo de formação, continua por Aveiro, em 4º lugar. Quando se prova, a coisa entranha-se e não se quer outra que se estranhe.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.