6 opiniões sobre “O Culto Sindical Dos “Especialistas”

  1. Vamos lá ver as coisas com calma: se a entidade promotora é — ela própria o afirma — “independente de professores e educadores”, é porque é “dependente” de outras coisas quaisquer, sendo que nestas não se incluirão docentes em exercício na Madeira. (Terão procurado nas Selvagens?…).

    Gostar

  2. Daqui salva-se um pormenor que tenho de referir: O Casanova, que me ouviu muito respeitosamente num belo dia de visita à “minha” escola, em que resolveu falar ao pessoal na sala de professores que estava cheia. Já agora… ouviu e teve consequências… positivas. Hoje com tanta liberdade (de massacrar os professores, seja nos salários ou nas condições de trabalho), autonomia (para os lixar de manhã, à tarde ou à noite), flexibilidades várias (tanto apanham por cima como por baixo ou mesmo de lado e a fazer o pino) e tanta “esquerda” à solta (quando não dá invoca-se a outra esquerda), tal seria impossível. Ninguém quer saber. Desculpa o abuso, Paulo, ocupo um bocadinho de espaço com mais uma nota, a mesma que deixei num post do António Duarte:

    Liked by 2 people

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.