É A Chamada Gripe De Verão

Antes que me chamem ignorante, alarmista e medroso, que se note que não tenho andado a usar máscara, mas verdade se diga que sou um dos raríssimos casos, entre os “velhotes” do quadro, que ainda não apanhou o bicho ou o apanhou sem dar por isso.

A tese de que só morrem os velhos, que já iriam morrer de qualquer maneira, venceu.

Portugal é o segundo país com mais casos e mortes por covid-19

13 opiniões sobre “É A Chamada Gripe De Verão

  1. Pois, a mim ninguém me convence a tirar a máscara! E só vejo, novos e velhos a passarem bem mal com esta porcaria, alguns com sequelas por muito tempo. Qual gripe, qual mentira!?

    Liked by 1 person

  2. em portugal como tudo é muto bem feitinho, fazem teste a todos internados e mortos
    se da positivo covid é isso que é regsitado para a imprensa

    nem que entres com um pé partido
    mortos igual … tens avc … morres … teste positivo .. .foi covid

    morre-se mais pq os doentes ja veem descompensados de casa … devido ao medo e ao sns fantastico

    Gostar

  3. O Pretor anda nesta campanha anti-COVID há séculos.

    Cada maluco com a sua toleima.

    Pois bem, a minha tia Emília faleceu, faz amanhã duas semanas, por COVID. Não, espera, foi o coração que deu o badagaio. Ai sim? Sim, foi isso… depois de, onze dias antes, ter estado com COVID, que lhe deu com tanta ligeireza que lhe estoirou com os pulmões e o coração, que ficou tão fragilizado que ela se apagou.

    A minha colega X está há quase um mês de baixa, porque o seu fígado está em cacos. Fruto de bebedeiras consecutivas? Não! COVID-19! Se lhe desse o badagaio (longe vá o agouro!), a causa de morte seria a falência do fígado, porém este só sucumbiu por causa do benévolo vírus.

    É como o AVC do meu pai: só morreu dele, porque a artéria explodiu.

    Liked by 2 people

    1. É um monotemático, que se há-de fazer… pode ser que lhe toque a ele…
      Já estou a vê-lo a estrebuchar os últimos suspiros, enquanto grita, arfando com voz sumida: “na certidão de óbito, está proibido de escrever que foi DE covid, diga que foi uma caganêra COM covid…”

      Gostar

    2. Há quem se sinta mais inteligente por achar que os outros são estúpidos a respeito de uma coisa que lhes salta aos olhos como verdadeira. Faz lembrar o pobre do Santana de Castilho, que na última crónica volta à mesma ideia lá pelo meio…

      Gostar

  4. Eu mantenho o uso da máscara… Vou desinfetando as mãos e o distanciamento é o possível, ou seja, praticamente nenhum… Nas escolas do meu agrupamento, e falando de docentes do 2 ciclo ao secundário, mais pessoal não docente, pertenço aparentemente ao restrito grupo que não apanhou o bicho ou que não deu conta… Outros já vão na segunda e terceira infeção, mesmo vacinados… Ninguém morreu (felizmente), é verdade, alguns têm passado um bocadinho mal, mas sem internamento hospitalar. Contudo, esse não foi o caso em janeiro/fevereiro de 2021 e muitos referem cansaço e outras consequências pós Covid.

    Liked by 2 people

  5. É, a negação constante do Pretor, assemelha – se ao que acontece no hospital de Faro, há anos. Ninguém morre fruto das bactérias que por lá pulalam, mas todos que caem no hospital, passam por esse pesadelo e muitos sucumbem! A causa é sempre outra.

    Gostar

  6. A desfaçatez da DGS em tentar limpar do lodo de números em que se meteu. Mandou a “jornalixo-mor” do Observador fazer um peça de propaganda a dizer que os números são credíveis e tal e coisa. Que não há, desde abril 2020, pessoas “infetadas” que morrem de outra coisa nos “números”. Dizem eles.

    Que a OMS mandou tirar essas mortes e que assim só morrem pessoas em que covid é a causa.

    Como se apanha um mentiroso? O gráfico de mortes não mostra nada disso. Quando supostamente a OMS “mandou” não contar tais “infetados” o gráfico não desceu! Está preto no branco na peça de propaganda. Eles mostram a prova da mentira. Quando há uma mudança de critério burocrático e de gabinete, os gráficos mudam SEMPRE de forma ACENTUADA no dia ou dias seguintes. Ora não se vê qualquer mudança, continua a curva como sempre. Mentira total que “mudaram” o quer que seja. Os infetados alegremente continuaram a ser contabilizados mesmo que morram de suicídio.

    Não têm vergonha nenhuma.

    O jornalixo perdeu toda a capacidade de questionar, de analisar, de pensar. Limitam-se a ser galdérias do poder, comem e vomitam tudo o que lhe dizem.

    É a própria OMS, nos documentos que a DGS usa para “justificar”, que diz preto no branco que é para atribuir tudo a covid, a menos que seja escandaloso. As mortes covid não podem ser atribuídas a outras doenças, e são mortes covid “se houver doença compatível”. Ora “doença compatível” é praticamente tudo, pois os sintomas de covid são genéricos, inespecíficos e aumentaram de tal forma em número que qualquer dor é “covid”. Um espirro é covid, um escarro é covid, febre é covid. Quase tudo o que é sintoma de milhares de doenças leva a que seja “compativel”.

    A death due to COVID-19 is defined for surveillance purposes as a death resulting from a clinically compatible illness,
    in a probable or confirmeda COVID-19 case, unless there is a clear alternative cause of death that cannot be related to
    COVID disease (e.g. trauma).

    A death due to COVID-19 may not be attributed to another disease (e.g. cancer) and should be counted independently of
    pre-existing conditions that are suspected of triggering a severe course of COVID-19.

    O jornalismo faz passar a ideia que há uma equipa a “analisar os registos covid”, quando não há. Há uma equipa para o país TODO que analisa supostamente todos os registos de morte. Só que não, com 300 a 500 mortos por dia, e uma equipa de 10 pessoas, nem por sonhos analisam TODOS os registos, muito menos TODOS os registos de morte covid. A equipa faz analise estatística e avaliação PONTUAL de registos, como em todo o mundo, em todos os sistemas de saúde. São equipas de análise a alto nível da qualidade de codificação.
    Os técnicos nem sequer têm autoridade ou conhecimento para analisar as causas de morte num certificado. Isso está reservado a médicos e médicos legistas. Um técnico ou um médico em Lisboa na DGS não tem dados para decidir o que é “doença compatível” muito menos saber os sintomas da pessoa morta em Bragança. O registo médico não é tudo, estes técnicos provavelmente nem têm acesso ao registo médico completo só ao SICO, a observação e a decisão do médico no local é essencial e depende de como “interpreta” as “regras”, que são subvertidas pela notificação obrigatória.

    uma equipa com 10 elementos, entre técnicos e médicos, analisava todos os certificados de óbitos de pessoas infetadas com SARS-CoV-2 registados nas 24 horas anteriores no Sistema de Informação de Certificados de Óbito …….. Esta análise não começou depois do surgimento da pandemia: sempre houve na DGS uma equipa de técnicos responsáveis por analisar os óbitos em Portugal (todos eles, independentemente das causas)

    Eles sabem que mentem, até o dizem. Dizem que depende tudo do médico e que a “equipa” afinal não serve de muito, que só pode “pedir esclarecimentos”, eventualmente corrige nada. Que há dois médicos no país todo para ensinar os milhares de outros médicos a “preencher bem”. Surreal.

    tudo depende da “melhor opinião médica” do clínico que notifica o óbito às autoridades de saúde….. a comunicação entre os elementos da Direção de Serviços de Informação e Análise, sobretudo dos dois médicos que a compõem atualmente, e os médicos responsáveis pelo preenchimento do certificado de óbito.

    Fecham depois com chave de ouro, a admissão total da fraude
    como a autópsia clínica ou médico-legal — que é extremamente rara em doentes com Covid-19.

    https://ibb.co/Thgc8q7

    noticia observador: https://observador.pt/especiais/mortes-por-covid-ou-com-covid-dgs-diz-que-so-entram-no-boletim-obitos-causados-pelo-virus-como-funciona-a-equipa-que-tem-a-ultima-palavra/

    Gostar

    1. Ninguém morria de SIDA; era de pneumonias e tal, que surgiam por obra e graça do Espírito Santo.

      Como escrevi acima, o óbito da minha tia diz que morreu de insuficiência cardíaca. Só não acrescenta que a mesma foi causada pelo vírus.

      Compreendes? A tua mentira dá para os dois lodos. É tudo uma grande ilusão. Mais: é o Bill Gaitas que anda por aí.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.