O Sucesso Estrondoso Dos “Planos”

Como é de conhecimento generalizado, na maioria das escolas, basta um aluno ter uma classificação inferior a três, para “ser melhor fazer um plano de recuperação/acompanhamento/intervenção”, podendo este ser de diversos formatos, tamanhos, circunvoluções e estruturas grelhísticas. Para as contas, um plano desses equivale ao plano feito para @ simpática criatura que mal coloca os pés nas aulas e nada faz. Mas, no fim do ano, feito o “balanço”, na maioria dos casos, o “plano” vai ser cumprido porque os alunos passam (mesmo que os nunca tinham estado verdadeiramente em risco) e a “estratégia” é considerada, por sua vez, um “sucesso”. E é assim que, por exemplo, uma turma de 25 alunos (não estou a usar os dados reais de qualquer turma minha deste ano, ok? mas não é que mude muito) pode chegar ao 2º período com 15 ou mais “planos”, mas depois, no final do ano lectivo, só um par de alun@s é que não transitam/ficam retidos, balanceando-se uma “eficácia” de 80 ou mesmo 90% dos ditos “planos”. Mesmo se, no fundo, se trata apenas de uma inicial representação burocrática do insucesso potencial que depois desaparece, qual nuvem empurrada pelo vento do Verão. Incluindo aqueles casos em que só para não se fazer novo plano para o ano seguinte, se encerra a questão com o selo de “sucesso”. Para os alunos e para os planeadores.

11 opiniões sobre “O Sucesso Estrondoso Dos “Planos”

  1. Já me incumbiram de fazer um plano para uma LE e eu ainda hoje não sei dizer para que era o raio do plano. A verdade é que escrevi umas 4 ou 5 folhas de merd@s sem grande nexo mas com as lengalengas e ladainhas em vigor, tudo foi aprovado em CP (nem sei se alguém leu aquilo) e hoje ainda é exibido orgulhosamente nos documentos estruturantes no site do agrupamento. Se foi um sucesso? Claro!

    Liked by 1 person

  2. O pessoal vai fazer bué cruzinhas, subir negas à maluca e votar outros tantos casos de 5 e 6 e 7 níveis 2 para passarem de ano.

    Há umas 5 ou 6 estações, um CT onde estive votou por maioria a transição de uma moçoila com 11 negas.

    Foi um sucesso tão grande que, um ou dois anos depois, abandonou a escola e fez-se à vida, defecando cruelmente na generosidade daqueles profes.

    Gostar

  3. Os planos são a prova material do masoquismo docente.
    Se o resultado final tem de ser a aprovação/transição do menino, nada como o professor ser proativo desde o primeiro momento e impedir por quaisquer meios ao seu dispor que o aluno tenha classificação negativa, nem que isso signifique simplesmente proposta de um nível 3 sem qualquer merecimento.
    Os professores continuam a tentar ensinar lições às crianças e acabam por ser eles mesmos os castigados com burocracia e chatices em “x”tuplicado. Quanto aos petizes, eles adquirem exatamente as mesmas aprendizagens que não adquiririam se os professores tivessem agido com eficiência.

    Gostar

  4. quando os politicos, jornalistas e “reitores” falarem em aumento de sucesso e em retencoes zero na TV deveriam levar com um pano encharcado na tromba

    Ninguem desmonta este discurso?

    os sindicatos que nao metem os pés nas salas aulas sabem disto?

    Gostar

  5. Reprovam 2? Em 25?
    A sério? Isso é um insucesso estrondoso, esses planos são um fracasso!
    Nem sei como é não vos obrigam a reformular os planos numa abordagem prospectiva e holística do contexto sócio-educativo e emocional dos referidos alunos no sentido de uma reorientação das medidas de apoio educativo e das estratégias/metodologias de metacognição, com potencial operativo de motivação intrínseca conducente ao sucesso educativo pleno.
    Anda muita a coisa a falhar na tua escola! 🙂

    Gostar

  6. reprovar é insucesso do plano porque a reprovação “tem carácter excecional”. Afinal ainda há umas direções que não são assim tão seguidistas da cartilha maiata porque senão nem sequer havia reprovações…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.