Preocupados, Tristes, Stressados, Mas Mansos

Isto explica muito sobre as nossas queixinhas, mas muita apatia … e talvez por isso eu destoe, porque ainda não cheguei à fase de não me zangar com este estado de coisas.

O estudo original pode ser descarregado aqui (ligação corrigida)..

5 opiniões sobre “Preocupados, Tristes, Stressados, Mas Mansos

  1. É impressionante como a classe docente se tornou tão sem reação. Todas estas políticas do “mói mas não mata” contribuíram para chegar a este ponto. Enquanto a malta anda super ocupada com burocracias e aferições desnecessárias não tem tempo para reagir ao que é importante.

    Gostar

  2. Resistência e manifestação deveriam ser as palavras de ordem, para tod@s os portugueses! Aumento de combustíveis, de tudo, falta de todos os serviços essenciais, a prestar pelo Estado, mas que apatia é esta!? Porque não vamos para a rua? Que revolta!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.