Estás Quase Com Uns Patins Virados Para A Porta Da Rua…

Expresso, 17 de Junho de 2022

A parte ridícula de toda esta discussão é ter um governante a dizer que os exames fomentam as desigualdades, porque há quem recorra a explicadores para os preparar, mas aparentemente a acreditar que para fazer provas de acesso feitas pelas próprias Universidades (em especial as mais “diferenciadas”) não usam esse recurso. Ou que apenas as notas do Secundário podem servir, mais uns “passaportes” com actividades “extracurriculares”, de preferência em regime de voluntariado, calçanito ou sainha pelo joelho e soquetes.

Quanto ao pessoal que é ideológica e visceralmente anti-exames, é das tais coisas, posso discutir as coisas de forma racional, mas não consigo ir contra a Fé de crentes dogmáticos. Porque é impossível explicar-lhes que sem uma regulação externa, isto fica entregue à bicharada, seja dos bem-intencionados pacholas, seja dos liberais espertalhões. O que não adianta mesmo nada são provas de aferição feitas só para fingir que não sei quê. A começar pelas do 2º ano, verdadeiro atentado à inteligência. Devem existir por causa de alguma “investigação” tipo-isczé.

7 opiniões sobre “Estás Quase Com Uns Patins Virados Para A Porta Da Rua…

  1. Republicou isto em Primeiro Ciclo and commented:
    …O que não adianta mesmo nada são provas de aferição feitas só para fingir que não sei quê. A começar pelas do 2º ano, verdadeiro atentado à inteligência. Devem existir por causa de alguma “investigação” tipo-isczé.

    Liked by 1 person

  2. Mais um não assunto para desviar as atenções do que está mal na educação no nosso país.
    Desigualdades sempre haverá, a não ser que amanhã acordemos todos dinamarqueses!
    Neste momento o que gera ainda mais desigualdades é a escola como está pois os alunos que tem famílias que os apoiam, exigem, que valorizam a educação vão sempre atingir os objetivos a que se propõe.
    Neste momento o que está a acontecer é que em nome das desigualdades estamos a levar todos ao fundo, os bons, os mais ou menos e os menos bons!
    O que interessa não é ser pobre ou ser rico, o que importa é trabalhar, ler, escrever, falar, desenhar, correr, raciocinar…
    Qualquer dia em nome das desigualdades vamos proibir certas famílias de ter livros em casa, de estimular os seus filhos para que não fiquem em vantagem…
    Uma escola exigente faz um país crescer e enquanto isso não acontecer podem dar as voltas que quiserem vamos todos ficar a perder e continuar a empobrecer!!!

    Liked by 2 people

  3. Os exames nacionais são determinantes para introduzir um fator de justiça no acesso ao ensino superior, entre o ensino público e o ensino privado, mas também dentro do Ensino público. O inflacionismo das notas, que era apanágio apenas do privado, começa a contaminar algumas escolas públicas, nomeadamente aquelas que tenham na direção apaniguados dos teóricos da educação que nos governam e que impõem o sucesso estatístico à outrance. Apesar de algumas críticas que podem ser feitas aos exames, uma coisa é certa e merece elogio: no quadro do funcionamento das Instituições públicas no nosso país é um verdadeiro milagre a forma como os exames conseguem ser preservados em absoluto sigilo. A explicação parece- me óbvia: é que são feitos por professores. Entregasse o Estado esta responsabilidade a outras instituições públicas, como, por exemplo, o sistema judicial, e era ver os enunciados dos exames publicados no Correio da Manhã antes de serem aplicados aos alunos.

    Gostar

    1. É isso que a preocupa?
      Tem noção que as escolas públicas “com tectos” não estão a proteger os alunos, impedindo-os de aceder aos cursos XPTO?

      Gostar

  4. A avaliação é hoje, em Portugal, um não assunto porque as evidências parecem, a cada ano que passa, tornar-se irrelevantes e a argumentação uma miragem… Talvez seja uma das razões porque ser português é uma fatalidade e a pobreza nos ronde sem remédio! São muitos séculos de subserviência intelectual, de desprezo pelo contraditório e de clientelismos banalizados…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.