Gaia Contrata

É um dos casos de “ecossistema” mais desenvolvido em matéria de Educação Municipal. Agora foi a vez do director regional do Norte da DGestE (no cargo há apenas dois anos, para onde transitou de director do mega-agrupamento de Gaia Nascente) ser “nomeado Diretor Municipal de Políticas Sociais do município”, notícia local de ontem, antes mesmo de existir referência ao resultado na página oficial do concurso, que consultei mesmo agora, 2 de agosto pelas 11.45. Não deixa de ser curioso que um dirigente regional do ME prefira ser dirigente municipal, mesmo se a remuneração é mais interessante (3778,97+778.03 de suplemento, relativo cargo de direcção superior de 1º grau, contra pouco mais de 3000+315 de dirigente intermédio de 1º grau). É verdade que o currículo é rico em muita coisa, menos em dar aulas. Já em matéria de auto-avaliação, podemos agora esperar novamente “brilho e entusiasmo”, porque se não formos nós a elogiar-nos, quem será?

A vida é feita de oportunidades, abraçarei outro projeto de maior envergadura, como Delegado Regional de Educação do Norte, facto que muito honra o Agrupamento.

Espero poder desempenhar as funções com o mesmo brilho e entusiasmo com que sempre geri o AEGN.

Parece que a coisa está a dar algum bruá pela zona, mas pensemos assim: agora há um lugar vago a Norte, que com o suplemento remuneratório equivale ao 10º escalão dos docentes. Ponham-se já em fila, em especial quem tiver experiência e saber reconhecido de coisas complexas como a administração e gestão escolar. Nem que seja “só para ver em que lugar fico”.

Apesar da notória inveja, não posso concorrer, porque é fora da minha “área de conforto”, que é mais a sala de aula, e ainda mais das minhas competências, que não passo de soldado raso e ignorante destas transcendências. E já estou velho para estas coisas. Começar um cursus honorum com esta idade já não vale a pena. E nem sequer sou da classe equestre, quanto mais da senatorial. Mas para quem tenha pergaminhos e ambições, nada como começar já a salivar e a verificar os cartões.

18 opiniões sobre “Gaia Contrata

  1. “Espero poder desempenhar as funções com o mesmo brilho e entusiasmo com que sempre geri o AEGN.” Sérgio Afonso
    Nunca alguém disse a esta criatura o que significa elogio em causa própria?!

    Gostar

      1. Mas o César não está como sub da DGAE, em Lisboa?
        Acho que recebe mais lá do que como delegado regional.
        Há até quem diga que o cargo de delegado regional é para extinguir com a integração das suas (poucas) competências nas CCDR e autoridades metropolitanas.

        Gostar

  2. Isso é lugar para os Arlindos desta vida.
    Mas espera, esse é do PSD.
    O Filinto também não era mal pensado. Está em fim de mandato, não se podendo recandidatar, e estacionado no 6º escalão. Não sei é se o cargo na dgeste é compatível com a presidência da junta de freguesia.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.