9 opiniões sobre “Incêndios

  1. Não esqueço que o Costa , primeiro, disse há menos de um mês que o Estado não é seguradora e que não tem de acudir às pessoas por causa de incêndios, de cheias, etc. Em França, devido aos incêndios, em muitos locais as pessoas revoltaram-se e destruíram tudo o que era institucional, carros de polícia, etc, a pedirem socorro. Nós somos mesmo muito serenos… estupidamente serenos.

    Liked by 1 person

  2. Parece que entre o material avariado referido no DN se encontram a maioria das velhas e desconjuntadas máquinas de rastos do exército, que em anos anteriores ainda foram conseguindo participar nas operações de combate aos incêndios. Nenhuma máquina dura para sempre, menos ainda num quadro de falta generalizada de manutenção.

    https://www.dn.pt/politica/ha-mais-13m-para-militares-na-romenia-mas-orcamento-das-forcas-armadas-esta-em-rutura-15088881.html
    A prioridade para já deve ser a manutenção do material existente. Temos uma situação gravíssima. Não há munições e há carros, navios, aeronaves parados sem manutenção. Por o material que existe a funcionar já era um grande passo. Só isso custa milhões.

    Gostar

  3. 2-
    O Coxa tirara a boina e coçava a careca pensativamente, os olhos fixos no chão de tabuado.
    — São tudo boas ideias, claro está, mas, para pagar as obras do telhado da escola, precisaremos de arranjar uma verba adicional antes que venha a chuva.
    — Não se pode impor uma taxa especial sobre as vendas de aguardente? — interrompeu o cura olhando inocentemente para o Morgado.
    — Ou aumentar o IVA das hóstias — altercou prontamente o agricultor.
    — Não vale a pena desavirem-se, meninos — atalhou a velhota Letras Mal-Pagas, a eternamente endividada mestra cuja reforma pulava para a frente sem se nunca se dar por alcançada. — A chuva fez-se mais rara que os baptizados em Traseiras. Poupa-se no telhado da escola e aposenta-se antes a professora, não vá dar-se o caso destes pobres ossos se esparramem a meio de alguma lição.
    — Sendo assim, parece-me que já estão pensados todos os assuntos da ordem de trabalhos e podemos encerrar a reunião — pontuou o Coxa preparando-se para servir uma última rodada.
    — O compadre não está esquecido do assunto mais urgente deste reunião?
    O Coxa suspendeu o enchimento do segundo copo e olhou interrogadoramente para o Mija-na-Horta.
    — Pois lembra bem o compadre! Já se me varria da lembrança o assunto do turismo. Como presidente da junta, cabe-me consultar os fregueses e arranjar um plano que ponha Traseiras no topo da lista de destinos turísticos do país.
    — Amigo Coxa, parece-me que os turistas que procuram Traseiras a escolhem porque, justamente, não vem em qualquer lista — contrariou o Morgado temendo que a notoriedade da terra pudesse atrair plantadores de oliveira espanhola e de estufas.
    — O compadre não se preocupe porque o turismo que eu tenho em mente só nos incomodará alguns dias em agosto. Com a planície desocupada e o clima mais fiável do país, penso que poderemos atrair para aqui os rebanhos de políticos que nesta altura do ano fazem a sua transumância. Os partidos falidos podem fazer aqui a retoma das atividades de uma forma bastante económica, libertando o sobrelotado litoral algarvio para os turistas estrangeiros com maior capacidade de endividamento.
    E todos pareceram entusiasmar-se com a ideia, em especial o padre que logo imaginou a quantidade de confissões necessárias para uma clientela tão carecida de absolvição.

    Liked by 1 person

  4. O Salazar bem tinha razão em obrigar a que a aquisição dos isqueiros fosse sujeita a licença emitida pelas Finanças.
    A culpa disto tudo é dos fumadores descuidados.
    E o desordenamento do território, de quem é a culpa? Das populações ociosas que enxameiam os subúrbios do litoral. É portanto necessário aumentar as portagens para impedir as populações de migrar das florestas do interior para as praias.
    Por este andar vai arder tudo, porque os bombeiros, à semelhança dos outros profissionais qualificados, irão emigrar para os países onde são mais bem pagos.

    Gostar

  5. Ainda há a questão da exploração do lítio, especialmente nas redondezas (ou mais do que isso) da Serra da Estrela… Pelo menos a suspeição paira por aí…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.