6ª Feira

Ontem, foi a vez do ministro que decidiu que o aeroporto de Lisboa deveria ser no concelho onde foi vereador, colega do actual presidente da Câmara, a vir, lá do Parlamento Europeu, a engrossar o esquadrão de defensores da vinculação directa dos professores pelas escolas. Nada de espantar, até porque nos seus ambientes se começa a notar que a municipalização não é capaz de fazer a tempo a manutenção das escolas, mas pode ter muito a dizer na “oferta educativa” e em quem será necessário contratar para a assegurar.

Depois de múmias desenterradas no Causa Nossa, só falta mesmo o Câmara Corporativa renascer e uma prosa do deputado-filósofo Silva. Porfírio de baptismo. Para nos sentirmos definitivamente nos tempos da primeira Idade do Gelo Docente.

8 opiniões sobre “6ª Feira

  1. Novo aeroporto

    Será em Santarém!!
    Os aviões passarão a aterrar na parada da ex – Escola Prática de Cavalaria que, lamentavelmente , está abandonada.

    ( é um prémio de consolação para os rapazes dos tanques que no 25 de Abril /74 prenderam o sr. Marcelo, padrinho do nosso sr. Marcelo)

    Gostar

  2. Há uma coisa que não percebo: não foi o governo da geringonça que pôs fim às BCE do Crato e aos critérios manhosos, e isto quando havia professores candidatos aos molhos? Para que é a merd@ desta conversa agora?

    Gostar

  3. O governo faz publicar diariamente, nos órgãos de comunicação social, artigos de um verdadeiro “esquadrão da morte” de avençados, suportando/justificando a medida mais nepotista concebida em Portugal, pelo menos desde 74, a proposta de novo modelo de concursos. Os boys todos conhecemos. A lavagem cerebral é diária.
    O que fazem os sindicatos? Calados que nem ratos!
    Bem sei que os sindicatos não controlam a CS, nem têm subsídios para lhes atribuir, mas poderiam
    pelo menos comprar umas páginas para ESCLARECEREM a opinião pública. Seria tão fácil desmontar as mentiras dos opinadores supostamente independentes. Usem dinheiro das quotas para o efeito, em detrimento da organização de festas e congressos.

    Gostar

  4. Muitos (também professores…) foram votar no PS, face ao que foi apresentado na “propangada” de direita (não muito à direita…) foi deixada a hipótese “das escolas escolherem os professores. Quanto a isso o PS não se manifestou e “guardou o que tinha em mente” para agora. Lá diz o ditado “o silêncio é de ouro”.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.