Mas Não Está Ainda Tudo Em Negociação?

Isto tem chegado, mais dia, menos dia, a grande parte dos professores, como manobra do ME para desdizer-se, mantendo o essencial do que disse, sem sequer ser nas entrelinhas. O estranho é que dizem que ainda estão a negociar, mas ao mesmo tempo já dizem como vai ser. Retirei a parte do “miolo” que se ,imita a ser areia para os olhos.

E, De Repente…

… lê-se o seguinte, de um dos líderes dos “8”, no mural de um amigo comum, que, estando a fazer greve, reclama uma manifestação para início de 2023.

[nome de organização sindical] em união com outros sindicatos tem prevista uma manif nacional para dia 4 de março, mas que poderá ser antecipada caso se justifique.

Não coloquei a identificação, para evitar bocas mais pessoais. Mas quer-me parecer que há quem afinal…

Noticiário – Parte 2

Cortesia do incansável Livresco. Este inclui material de todas as iniciativas, sem sectarismos 😀 .

Cinquenta professores reivindicam pela progressão na carreira em Aveiro

Professores fizeram vigília para reivindicar condições de trabalho

Professores protestaram em frente à Câmara de Benavente

Professores manifestaram-se à porta da Escola Vasco da Gama em Sines (com áudio)

Greve de professores afetou aulas no Agrupamento Dr. Manuel Gomes de Almeida

Escola EB 2,3 Poeta Bernardo de Passos em São Brás de Alportel fecha devido à greve

Professores de Albufeira continuam em greve pela melhoria de condições da profissão [com vídeo]

VÍDEO: Professores em greve por melhores condições em frente à Escola D. Maria II

Professores protestam frente à Câmara de Vila Franca de Xira

Professores defendem escola pública

Docentes da Escola Básica Dr. Francisco Sanches estão em greve até dia 16.

O E360 Aderiu À Greve

Tem estado o dia todo nisto, o que tem a sua graça, pois nem sumários, nem justificações de faltas, nem lançamento de classificações, nada. Mesmo sem pré-aviso.

Há menos de dois meses foram mais de 120.000 euros (+IVA) para a “Integração do FITescola na plataforma E360”. Que hoje está com este aspecto. Deve ser de alguma cheia nas canalizações.

A transição digital no seu “melhor”.

Noticiário

Por Sintra:

Professores de Felgueiras em luta por tempo indeterminado

VALENÇA: AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MURALHAS DO MINHO COM DEZENAS DE DOCENTES EM GREVE

Professores lutam pelos direitos à chuva e ao vento em Celorico de Basto

Professores em greve por melhores condições manifestam-se em Colmeias

Professores concentrados junto a escola de Ourém onde Marcelo vai dar aula debate

VIANA: PROFESSORES HOJE EM PROTESTO EM FRENTE À CÂMARA

Professores em greve em várias escolas do concelho (Silves)

Professores continuam em greve nas escolas de todo o Algarve

Dia 3 (Em Actualização)

Enquanto isso, há “zés” por aí mais preocupados em ofender colegas do que em atacar devidamente o ME, parecendo que o fazem quase a contragosto. O que eu gostava que as listas de redução da componente lectiva para certas figuras voltassem a ser públicas. Agora só as direcções sabem e fecham-se em copas, paus e espadas, que os ouros são para exibir.

Cheias E Enxurradas (E No Que Se Relacionam Com Os Professores)

A menos que se coloque tudo à conta da má vontade dos deuses, muito do que tem passado, não apenas na Grande Lisboa, resulta da desajeitada acção humana na gestão dos solos e no planeamento urbano. Resulta da ganância conjugada de interesses privados e públicos.

Quem, da parte do estado, tem intervenção directa no licenciamento de obras, manutenção de redes viárias, gestão da rede de esgotos, etc, etc?

Exacto. os mesmos senhores a que, em forma de “comunidade”, querem entregar a gestão dos recursos humanos da Educação, a partir do definição da rede escolar, tendo @s director@s como operacionais no terreno.

Sim, o senhor ministro Costa não mente quando diz que “não vamos entregar os concursos de professores ás autarquias”, porque apenas joga com as palavras e com o recorte em torno do seu verdadeiro sentido. ele nada diz sobre “comunidades intermunicipais”. E quando há documentos que já referem “quadros de professores”, não referem contudo “quadros de escola/agrupamento”. E quando se diz que se reduz a área dos qzp, não referem que é para as fazer coincidir de modo quase perfeito com as tais “comunidades intermunicipais”.

O ministro Costa acusa os outros de mentir quando falam verdade. Já no caso dele, até parece que se esquece das pretéritas petas próprias. Pode ser apenas um problema de memória e patetice, em vez de sonsice declarada.

Pobre rapaz! ficou como pateta! Se ele não está acostumado a isto… Condenado a falar verdade vinte e quatro horas a fio!… Também olhe que nos dá um trabalho! porque mente com um desembaraço e sem a menor consideração… Já se tinha esquecido da peta do almoço.