E Nem Me Calhou Uma Em Cinco?

Não é por falta de “dificuldades”, garanto. Ou de alunos com RTP ou PEI. Ainda hoje saí com a cabeça espapaçada de uma daquelas aulas integradas no PADDE, em que há quem nem sequer perceba o que é um router, como se liga, que deve vir o caregador com o resto do equipamento, que os cabos não são todos iguais, que online não se fazem apenas cruzinhas, que também se usam maiúsculas quando escrevemos no computador, etc, etc, etc. Azar o meu que tenho entre 22 (porque 2 almas nunca apareceram) e 28 alunos por turma, mas certamente que os amigos inclusivos do senhor ministro terá 16 ou 17, apenas.

A “inclusão” do ministro Costa e do seu mentor, o doutor Rodrigues de Inclusión Y Salamanca, não passa de uma ficção, que nem sequer é piedosa, não por falta de formação dos professores, mas de seriedade de quem legisla e distribui os meios.

João Costa faz balanço da “educação inclusiva” no Parlamento. Turmas menores são uma das medidas fixadas para a maioria dos alunos com necessidades.

5 opiniões sobre “E Nem Me Calhou Uma Em Cinco?

  1. Revogar, já, ontem, essa tralha legislativa que está a destruir a Educação Pública!
    o balanço é fácil de realizar: uma catástrofe e uma exigência nula… O que vale ainda são os professores, com o seu bom senso, a amparar a desgraça legislativa!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.