Desconfinaram O Ponces

A TVI24 escolheu colocar o Ponces de máscara a explicar como o pré-escolar vai desconfinar em absoluta segurança. O Ponces, sim, o Ponces do grupo João de Deus. Nenhum estabelecimento público, mas sim o de Belas do agora grisalho Ponces. A única vantagem é que, devido ao uso da máscara, não temos de lhe suportar o arrebicado bigode.

bigode

Pensamentos Da Pandemia – 16

A maioria pode continuar a cumprir as regras básicas de bom senso e uma minoria até estar ainda no regime antigo, em que qualquer proximidade num raio de 50 metros leva a olhares desconfiados e tons claros de desconforto e mesmo zanga. Mas basta uma minoria significativa ter assumido que tudo já passou para que muita coisa se estrague. Havia vírus, agora já não há. Foi uma espécie de milagre com pós instantâneos de perlimpipim imunitário. Até eu que não me destaco pela enorme preocupação pessoal com todos os protocolos anti-contágio vou ficando abismado por estes dias com a rapidez da “retoma social”, sejam as horas em debandada para a praia (as imagens televisivas da Comporta são um hino às brincadeiras dos pobrezinhos), seja a reconquista das esplanadas, seja a despreocupação com que magotes de gente passaram a concentrar-se com o sorriso de quem venceu a terceira guerra mundial só com um tubo de cola e uma caixa de fósforos.

Quanto regressar o futebol, vai ser a rentrée da temporada do arroto e perdigoto no café da esquina, para mais com jogos todos os dias ou quase.

O engraçado que em relação à retoma laboral ouvem-se muitos receios quanto à segurança, vejam lá aquilo na sonae e tal. Nestas alturas sinto quase um joãomiguel, mas sem a fixação nas escolas.

KeepPlaya

 

Adoro Mesmo Estas Formas De “Apoio”

Para já não sei se gosto demais da sigla FAQ, por causa de uma certa deriva fonética. Porque, quando as leio, ocorre-me logo a expressão. Neste caso são as FAQ (Questões Frequentes) do site de “Apoio às Escolas” (disponível há várias semanas, nem é material completamente novo) que oscilam entre a resposta a dúvidas idiotas que ninguém colocou e a resposta que não corresponde minimamente à “questão” apresentada. Vejam-se estes casos:

8- COMO CONFIRMO QUE OS MEUS ALUNOS REALIZARAM AS TAREFAS SOLICITADAS?

No desenvolvimento do trabalho a distância com os alunos, devemos antecipar os produtos finais pretendidos em resultado da atividade efetuada. Devemos orientar as tarefas online de uma forma clara e dentro de prazos estipulados logo à partida, de modo a otimizar o tempo e a interação dos alunos com todos os docentes das disciplinas.

(não há qualquer resposta concreta à pseudo-questão)

Recomendo depois a longuíssima resposta à questão 9, que é mero pretexto para despejar um manual de “boas práticas”.

9 – A COVID-19 FECHOU A ESCOLA, COMO ENSINO?

E ainda está online a FAQ 23. Já era tempo de renovarem algumas FAQ.

23 – TEM O MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ALGUMA DATA PROVÁVEL QUE POSSA ADIANTAR PARA REABERTURA DAS ESCOLAS?

Neste momento, o Ministério da Educação não tem forma de apresentar uma previsão para a reabertura das escolas.

Contudo, relembramos que estão a ser desenvolvidos todos os esforços possíveis para garantir a continuidade dos processos de ensino e aprendizagem, e permitir que todas as crianças e jovens possam:

– Manter contacto regular com os seus professores e colegas;

– Consolidar as aprendizagens já adquiridas;

– Desenvolver novas aprendizagens.

Tunel

O Dia Do Senhor Ministro

(o SE Costa desviou-se e ficou a enviar instruções para as escolas…)

MINISTRO DA EDUCAÇÃO: «NUNCA HESITEI EM ABRAÇAR ESTA PASTA»

(demos por isso…)

MINISTRO DA EDUCAÇÃO: «TEMOS DE TRABALHAR PARA HAVER SUCESSO, SEM FACILITISMO»

(treta…)

MINISTRO DA EDUCAÇÃO FALA DA TELESCOLA: «TEM RESULTADO»

(a sério? pediram um estudo ao isczé ou ao Domingos Fernandes?)

MINISTRO DA EDUCAÇÃO: «FOI O DIA MAIS MARCANTE DA MINHA VIDA»

(agora imagina que vivias um par de anos a 100 metros de um depósito de armas das FP25, três portas depois da casa de um dos teus maiores amigos de infância…)

TIAGO BRANDÃO RODRIGUES: «É LEGÍTIMO SENTIR MEDO»

(o povo explica que isso decorre da própria anatomia… mas olha lá no programa em que estás…)

MINISTRO DA EDUCAÇÃO: «É IMPOSSÍVEL HAVER RISCO ZERO»

(essa foi no guião que mandaram para os directores dizerem se os jornalistas aparecessem, porque a ouvi várias vezes… e é bem verdade que uma pessoa até tem de ter cuidado ao levantar-se da cama…)

MINISTRO DA EDUCAÇÃO: “MUITAS VEZES É A ÚNICA REFEIÇÃO COMPLETA E DIGNA”

(pronto, lá teríamos de estar de acordo em qualquer coisa…)

TiagoPoker

(ou seja, no goucha, na falta de agenda da cristina…)

E Não É Que Vão Mesmo Dar Aulas Em Pavilhões?

Não haveria mesmo outra solução? A sério? Belíssimas condições acústicas (ou pode-se tirar a máscara para falar) e de luminosidade para ver o quadro branco.Então se as janelas do lado direito estiverem com a orientação “certa” vai ser giríssimo.

E mesmo assim só conto 20 carteiras… Estava a ver o Filinto a dizer que “tudo” estava a ser feita e “todas” as condições” estavam reunidas e a imagem ao lado parecia um comentário mais sarcástico do que os que me estavam a ocorrer.

IMG_2881

(há sempre margem para um novo nível de idiotice… será que também estão a pensa colocar alunos a fazer exames nestas condições, só porque o ministro atirou com tal patacoada?)

Mas Estava No Top Dos Likes

Repito… tem o perfil e as competências mais do que certas para “operacionalizar” um “novo paradigma” de concursos e carreira.

Educação nomeia subdiretor que não estava no top 3 da CReSAP

E nem concorreu. Sugestões estiveram numa gaveta do Ministério durante 17 meses. Nomeação (em substituição) de César Paulo aconteceu ao mesmo tempo que abre novo concurso para o cargo.
tacho