Alan Parker (1944-2020)

Fez alguns filmes mais experimentais, outros mais “pastelões”, mas fica aqui o meu top 3, tão subjectivo quanto qualquer outro, sem uma ordem especial, embora com um especial apreço por ter passado a filme um dos meus livros favoritos de sempre. Mesmo se, enquanto filmes, prefira os outros dois.